Desenvolvimento pessoal

A importância da psicoterapia para o estudante de psicologia

Durante toda a graduação em psicologia, não é difícil ouvir de muitos professores e supervisores sobre a importância da psicoterapia para o estudante de psicologia. Mas por que será que ela é importante?

A principal ferramenta de trabalho do psicólogo é ele mesmo, e da mesma forma como uma ferramenta tem que estar afiada para o marceneiro fazer um corte bem preciso e realizar seu trabalho da melhor maneira, nós também, em nosso trabalho, temos que estar bem “afiados”.

Para que isso ocorra precisamos investir em nós mesmos, e a forma desse investimento se dá por meio da psicoterapia pessoal.

Ao escolher tornar-se psicólogo, não só temos que lidar com o conhecimento teórico, mas também com o pessoal, pois lidar com os conflitos dos outros requer que tenhamos suporte para os nossos próprios conflitos, pois eles podem surgir durante a nossa rotina profissional e até nos atrapalhar, podendo causar mais angústia ao paciente que estamos atendendo.

Como a psicoterapia pode ajudar o psicólogo em formação?

Durante a formação, diversos sentimentos surgem, e para que possamos alcançar novas etapas em nosso desenvolvimento pessoal, eles precisam ser elaborados.

A busca pelo apoio psicológico durante a formação pode facilitar o manejo sob as demandas que possam surgir no campo profissional, pois desta forma os nossos conflitos internos não causarão interferência na psicoterapia do nosso paciente, uma vez que nossos conflitos já terão sido trabalhados em nossa psicoterapia pessoal. É o lidar com as nossas questões para cuidarmos das questões do outro. Em psicanálise, isso é o que chamamos de contratransferência.

A psicoterapia pessoal durante a graduação é essencial pois possibilita o autoconhecimento, bem como nos auxilia na identificação e diferenciação dos nossos sentimentos e dos outros; sem falar que é o experimentar na prática o nosso trabalho.

Qual a melhor abordagem para a psicoterapia do estudante?

Não existe melhor abordagem, existe o querer e a vontade em estar em psicoterapia.

Durante a graduação aprendemos sobre algumas abordagens, nos encantando por algumas e queremos ficar longe de outras, e essa é uma forma de sabermos qual profissional procurar.

Atualmente não existe somente atendimento psicológico presencial, vivemos numa era tecnológica onde temos diversos afazeres durante o dia, e às vezes não encontramos o profissional que possa nos atender em determinado dia e horário.

Contudo, temos hoje o atendimento online. Este tipo de atendimento é aceito pelo Conselho de Psicologia e já existem diversos estudos que comprovam sua eficácia.

Qual o melhor semestre/ano da faculdade para buscar psicoterapia?

Não existe o melhor semestre ou ano do curso da psicologia para buscar psicoterapia. Há alunos do curso que estão em psicoterapia desde antes mesmo de entrar na faculdade, outros iniciam no começo do curso, no meio, no final, e outras ainda não o fazem.

Não é uma obrigação estar em processo psicoterápico em nenhuma fase da vida, mas sim importante, pois a psicoterapia pode nos auxiliar em diversos assuntos, mas quem vai decidir se está ou não no momento de buscar um psicólogo, somos nós mesmos.

Em conclusão, ao iniciar o curso de psicologia, algumas exigências nos são dadas e entendemos que é uma profissão na qual podemos ajudar os outros com suas questões internas e que para ajudar os outros precisamos estar bem e trabalhando nossas questões para que possamos fazer nosso trabalho de forma mais segura e ética para nós mesmos. E a psicoterapia é uma das formas de nos auxiliar na busca de sermos um profissional melhor.  

Ingrid Bertollini Lamy
Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar