Saúde

Saiba o que é agorafobia e seus principais sintomas – Conheça!

Talvez você conheça alguém que tenha um medo incontrolável de estar em espaços públicos abertos — ou pode ser que você mesmo o tenha. Saiba que a causa pode ser agorafobia.

Devido à pouca popularidade do termo, decidimos desenvolver este artigo com o conceito da agorafobia, os principais sintomas e tratamentos, bem como os locais onde podem ocorrer as crises. Siga com a leitura!

O que é agorafobia?

A agorafobia é um tipo de transtorno psicológico ligado a ataques de pânico que se insere entre as diferentes formas de distúrbios de ansiedade.

Quem sofre com agorafobia tem medo de situações que possam levá-lo a sensações de aprisionamento, desamparo ou constrangimento. Esse sentimento de ansiedade, em geral, se manifesta em ambientes desconhecidos nos quais os indivíduos têm pouco controle.

O nome ajuda a explicar o significado da doença: a palavra “ágora” era utilizada pelos gregos para se referir a lugares públicos nos quais eram realizados encontros, ao passo que o termo “fobia” significa medo. Comumente, uma pessoa com agorafobia teme estar em lugares cercada por muitas pessoas, ainda mais nos quais é relativamente difícil sair.

As causas exatas da agorafobia são desconhecidas, contudo, alguns especialistas apresentam hipóteses para essa condição. Dentre elas está a associação a outros transtornos de ansiedade, ambientes estressantes, abuso de substâncias e eventos traumáticos.

Quais são os principais sintomas?

A pessoa com agorafobia tem medo de estar presente em lugares lotados de pessoas ou que possam dificultar fugas. Alguns dos pacientes costumam se desesperar subitamente quando percebem que estão longe de sua zona de conforto. Os sintomas incluem:

  • aumento de frequência cardíaca (taquicardia);
  • tonturas;
  • formigamento;
  • dor no peito;
  • hiperventilação;
  • calafrios;
  • diarreia;
  • falta de ar;
  • desmaios.

Onde podem ocorrer as crises?

A atenção aos sintomas citados no tópico anterior é muito importante para identificar casos de agorafobia. Sendo assim, é preciso estar atento aos locais nos quais se manifestam esses sintomas. Alguns dos locais onde podem acontecer crises de agorafobia são:

  • em casa sozinho;
  • em multidões;
  • em espaços fechados, como lojas e elevadores;
  • em locais abertos, como praças e ruas;
  • em transportes públicos, como trens, metrôs e ônibus.

Será que você tem ansiedade?

Responda o teste de ansiedade e descubra em apenas 3 minutos se você está propenso a apresentar sintomas de ansiedade:

Quais são as formas de tratamento?

O tratamento precisa ser iniciado o quanto antes para evitar a piora da agorafobia. Logo, é muito importante buscar a ajuda de um especialista. As medidas tomadas são parecidas às dadas a pacientes com a síndrome do pânico. Recebe-se antidepressivos, calmantes, dentre outros medicamentos.

terapia comportamental também faz parte do tratamento da agorafobia. Desse modo, o paciente adota também medidas não farmacológicas por meio de abordagens psicoterapêuticas que analisam os comportamentos relacionados ao transtorno para compreender o que está acontecendo.

Para o sucesso do tratamento, é preciso que a pessoa esteja plenamente ciente quanto ao transtorno. Além disso, é necessário observar suas causas, sintomas e consequências para que, desse modo, passe por um processo de descoberta sobre o que provoca as crises. Ademais, a prática de exercícios físicos e a eliminação do consumo de estimulantes, como o café, também são recomendadas.

No artigo de hoje você viu o que é agorafobia e como os seus sintomas se manifestam. O que você achou sobre o tema? Deixe seu comentário abaixo. Queremos saber a sua opinião.

Psicologia Viva

Selecionamos o psicólogo adequado para a sua necessidade e possibilitamos você ter uma consulta online por videoconferência de qualquer lugar do mundo.
Psicologia Viva
Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar