Saúde

Ansiedade: por que este tipo de medo nos paralisa?

A ansiedade é o grande mal da vida moderna. Pesquisas realizadas pela OMS apresentam o Brasil como o país com maior número de casos de transtorno de ansiedade do mundo! 

Mas afinal, que fenômeno é esse? 

A ansiedade é uma resposta normal do organismo frente a uma situação desconhecida ou de ameaça. Afinal de contas, o que seria de nós e dos outros seres viventes ao redor do planeta, se não tivéssemos um “gatilho” de fuga disparado frente a uma situação de perigo eminente?  

A ansiedade é este gatilho, onde por um instinto de sobrevivência o organismo reage, causando grande descarga de adrenalina colocando todo o corpo em alerta, e é isso é o que nos move à ação. Se não fosse por este mecanismo, não reagiríamos aos estímulos de perigo, de alerta, enfim não nos mobilizaríamos. Talvez estivéssemos condenados à inércia até sermos consumidos. 

Onde mora o perigo?

Mas sendo assim, então “onde mora o perigo”? Neste caso o perigo está nos nossos medos infundados ou ainda nas situações em que passamos a viver em estado de constante alerta como se esperássemos que algo ruim fosse acontecer a qualquer momento. 

O perigo pode estar ainda nas más condições de vida que adquirimos ao longo dos anos, quando estamos constantemente correndo atrás de coisas que muitas vezes nem precisamos. Ele, o perigo, pode estar também nas más qualidades de relações que estabelecemos ao longo do tempo. 

Enfim, o perigo é quando somos paralisados por um medo infundado.  Estamos vivendo um transtorno de ansiedade, por pura tensão, apreensão, “pré-ocupação” (preocupação), por medo de algo que pode não acontecer e que na maioria das vezes não acontece mesmo. 

Infelizmente estamos com medo do amanhã, e com isso estamos deixando de viver plenamente o hoje. Pense nisto…

Katia Laino – Psicóloga

CRP 08-26672

 

Katia Laino
Últimos posts por Katia Laino (exibir todos)
Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar