Saúde

Ansiedade social – Entenda o que é e como pode te afetar

Quem nunca se sentiu ansioso ou constrangido em determinadas situações, como falar em público ou cometer uma gafe em um lugar cheio de gente?

Pois bem, esses sentimentos são normais, contudo, algumas pessoas experimentam sensações com intensidade superior à real situação, ou mesmo sem um motivo consistente, causando prejuízos em diversas áreas da vida.

Fobia social

Com base em argumentos irracionais o indivíduo pode ter reações fisiológicas como tremores de diferentes graus de intensidade, baseados no medo de críticas ou mesmo de que o mesmo possa se sentir humilhado ou extremamente envergonhado. A esse quadro dá-se o nome de fobia social.

“A fobia social é um distúrbio caracterizado por um medo persistente de críticas ou de rejeição pelos outros” (MARKWAY, et al., 1999).

Em suma, é o medo que o indivíduo tem da desaprovação pelos outros.

São diversas as situações em que esse medo pode ocorrer, como falar em público, animar uma plateia, fazer exames, comer em restaurantes, escrever em público, usar banheiros públicos, sair com alguém do sexo oposto, etc., e os sintomas experimentados diante destas situações podem ser corporais, cognitivos e comportamentais.

Sintomas corporais

Os sintomas corporais podem incluir apenas uma ou uma combinação dos seguintes sintomas: aceleração dos batimentos cardíacos, palpitações, tremores, respiração curta, suor, rubor, desconforto abdominal e tonturas.

Sintomas cognitivos

Ao experienciar os sintomas cognitivos, a pessoa provavelmente poderá ter pensamentos  frequentes e automáticos irracionais sobre como deveria ser em situações sociais. Veja alguns exemplos: pareço fora de lugar, pareço estúpido, não me encaixo, estou estragando tudo.

Sintomas comportamentais

Já o sintoma comportamental será provavelmente a fuga. Algumas pessoas irão evitar totalmente a situação, outras entrarão, mas sairão logo após. Há também aquelas que, ao se distraírem ou se dissociarem, deixando a mente divagar ou sonhando acordadas também estarão, de certa forma, fugindo.

Como conseguir ajuda profissional?

É possível que algumas pessoas possam se recuperar sozinhas, mas se você não é uma delas, não se preocupe, você pode procurar ajuda. Tanto indivíduos com diversas fobias sociais quanto aqueles com apenas alguma específica podem se beneficiar de excelentes resultados na terapia cognitivo comportamental.

 

Fonte: MARKWAY, Barbara G.; et al. Morrendo de Vergonha – um Guia para Tímidos e Ansiosos: 1999, Editora Summu.

Artigo originalmente publicado neste link

Como usar a tecnologia em favor da qualidade de vida

José Geraldo

Sou Psicólogo Clínico formado pelo Unileste-MG e em Terapia Cognitivo-Comportamental pelo NEPSI-Ipatinga. Trabalho com atendimento terapêutico e orientação psicológica com adultos e adolescentes
José Geraldo

Últimos posts por José Geraldo (exibir todos)

Artigos relacionados

4 Comentários

  1. Muito obrigado,esse texto realmente ajuda eu mesmo tenho fobia social.pois eu estudo e quando eu chego atrasado na sala e vejo todos sentados já olhando para mim eu começo a passar mal,e sinto meu rosto esquentando ( ou ficando vermelho e só fico pensando em sair logo dali) normalmente eu só me sinto bem perto dos meus amigos, pois eles me ajudam a esquecer as pessoas em volta. Quando a professora faz lergunta para mim eu vejo todo mundo me olhando e sempre a mesma coisa não consigo pensar claramente e fico com ansiedade,ou quando eu erro uma pergunta eu fico com mais vergonha ainda.E toda vez que eu ia ficar com alguma menina eu horas antes passava mal muito mal com ansiedade,calafrios,estomago embrulhado,tremendo e pensando no que ia acontecer.apresentar trabalho lá na frente de todos eu realmente não consigo,nem ao menos entrar em outra sala de outra turma para pedir algo ru realmente não consigo Em casa mesmo normalmente só fico no quarto e no almoço,jantar eu como longe da minha familia eu não consigo ficar perto.não gosto de comprimentar as pessoas na rua pois fico pensando em algo errado que ru possa falar ou ficar com vergonha,fico pensando no que as pessoas estão pensando de mim ou julgando algo assim no meu rosto,corpo ou roupa enfim acho que isso tambem seja culpa da baixa-estima que tenho e a depressao e se saio para qualquer lugar mesmo sempre estou pensando no que as pessoas em volta estão pensando ou falando sobre mim.

  2. Acho que tenho isso, sou muito ansioso em situações sociais e sou muito desconfiado de tudo e todos, sinto como se as pessoas quisessem sempre me fazer o mal e tenho uma grande vontade de ser o mais perfeito possível e ser o melhor do mundo em alguma coisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar