Relacionamento

As linguagens do amor

Terapia de casal e as linguagens do amor

No consultório, recebo diversos casais que reclamam das diferenças de seu cônjuge e buscam a terapia de casal para tentar mudar o que o outro tem de diferente, para que tente se adaptar ao seu jeito de ser. Já outros procuram a terapia de casal por dificuldades ou falta de comunicação, pois não se sentem compreendidos, amados ou valorizados na relação que estão vivendo.

Por que alguns casais procuram a terapia de casal?

Vários motivos levam os casais à terapia, tais como:

  • Ajustar as diferenças de cada um no relacionamento;
  • Melhorar a comunicação entre o casal;
  • Saber quais são as obrigações de cada um dentro do relacionamento;
  • Traçar metas e objetivos;
  • Acabar com a competição e com as inseguranças que possam existir no relacionamento;
  • Tentar fortalecer a união entre o casal e manter o compromisso;
  • Melhorar a vida sexual;
  • Superar traições;
  • Melhorar a qualidade do relacionamento;
  • Entender as necessidades do outro.

Gary Chapman, em seu livro As 5 linguagens do amor, escreve, através de sua percepção como aconselhador de casais, que cada um de nós adota uma linguagem pela qual damos e recebemos o amor, e quando o casal não entende a linguagem de amor um do outro, o relacionamento fica afetado, pois não se sentirão amados e compreendidos.

As 5 linguagens do amor segundo Gary Chapman

  1. Palavras de afirmação;
  2. Atos de serviço;
  3. Tempo de qualidade;
  4. Toque físico;
  5. Receber presentes.  

Ainda que cada pessoa possa ter as cinco linguagens, existem alguns itens em destaque em relação a outros. Para que você entenda melhor, vamos falar sobre cada uma das cinco linguagens do amor.

Conheça cada uma delas:

Palavras de afirmação

As palavras de afirmação são uma das 5 linguagens do amor e é eficaz para que o ouvinte se sinta confiante, valorizado, importante e amado. Isso é positivo para quem ouve e também para quem fala, uma vez que esse ato é uma forma de demonstrar sentimentos e crenças positivas e verbalizar seu amor pela pessoa, conseguindo tocar o coração de quem possui essa linguagem principal.

Atos de Serviço

As pessoas que têm como forma de linguagem de amor os atos de serviço, são aquelas que gostam de oferecer ajuda, auxilio e cuidados como forma de demonstrar o seu amor. Gostam de ajudar e doar o seu trabalho e sem medir esforços, pois gostam de receber bem as pessoas por meio de ações e serviços.

Seguem alguns tipos de atos de serviços que ajudam na vida de casal:

  • Lavar a louça,
  • Dar uma carona,
  • Cuidar das crianças,
  • Entre outros. 
Tempo de Qualidade

Pessoas que têm como linguagem de amor o tempo de qualidade valorizam os momentos ao lado das pessoas que amam e gostam de estar conectados com elas. Esse tempo vai além da presença física, uma vez que diz respeito a estar presente de corpo e alma.

Exemplo de tempo de qualidade:

  • Dedicar um tempo para o parceiro,
  • Brincar com os filhos,
  • Ver os amigos ou visitar os pais,
  • Um passeio, um jantar, uma conversa, etc..
Toque Físico

O toque físico, pele com pele é uma poderosa forma de demonstrar sentimentos e o amor, mas esse toque físico não significa somente o toque sexual e sim todas as formas de toque que faça com que o outro se sinta especial e amado, tais como um carinho, um abraço, um cafuné, um beijo, andar de mãos dadas, etc.

Presentes 

Algumas pessoas se sentem muito amadas em receber algum tipo de presente, indiferente do valor monetário, pois sentem-se lembradas, amadas e valorizadas. Os presentes podem ser um cartão, uma flor, um mimo que fazem com que aquelas que recebem se sintam lembradas e amadas.

As 5 linguagens e o relacionamento

Como você tem utilizado as 5 linguagens do amor no seu relacionamento a dois? Você tem se lembrado em fazer pelo outro aquilo que o faz feliz ou tem solicitado que seja feito somente o que te faz feliz?

Se isso está acontecendo em sua vida conjugal, talvez o seu relacionamento esteja frio ou até mesmo em vias de terminar, pois estará descuidando daquilo que faz o seu companheiro(a) feliz, assim como você estará também esquecido no meio dos problemas do dia a dia.

Para mudar esse cenário o casal deve entender que se não houver comunicação entre eles, o casamento ou o relacionamento irá acabar.

Por isso, a ajuda de um profissional especializado é essencial para ajudar o casal a olhar os “pontos cegos” que estão atrapalhando essa união. O psicólogo ajudará o casal a treinar a conversa a dois, a explanar os seus sentimentos, a conhecer a linguagem do amor que faz o outro feliz e amado; esse treino deve ser diário, com consciência e intenção.

Na pratica da terapia de casal, o cônjuge aprenderá a ouvir e receber feedback sobre as suas ações, para dessa forma entender o que está fazendo ou deixando de fazer para que o relacionamento se equilibre e se torne um casal mais feliz. Um casamento considerado feliz baseia-se em um equilíbrio entre planejamentos em conjunto, comunicação e divisão de tarefas.

Que tal elogiar mais, dar um mimo, fazer pelo outro, fazer um carinho ou tirar um tempo para ficar juntinhos e curtir o momento? Ações simples do dia a dia podem fazer com que o casal se aproxime e curta mais os momentos a dois; além disso, é importante em um relacionamento de casal ficar atento aos momentos de lazer, a um tempo a sós em casal, pois a rotina do casamento, se não for cuidada, pode levar ao fim da relação.

O psicólogo ajudará o casal a evitar brigas, embates e acusações para que possam reduzir os conflitos, melhorar a comunicação e caminhar para uma boa relação, evitando dessa forma o término do relacionamento.

Caso tenha interesse em entender melhor como resolver as questões do relacionamento de casal, busque ajuda profissional, pois talvez existam questões mais serias, que precisam ser trabalhadas com a ajuda de um profissional especializado.

Andreia Amorim

CRP 16/ 1676

Especialista em Gestalterapia.

MBA em Gestão de pessoas pela FUCAPE

Pós-graduada em Coaching, Linguagem Ericksoniana e Constelações Sistêmicas Integrativas pela faculdade Monteiro Lobato.

***

Olá, me chamo Andreia Amorim, sou psicóloga clínica e organizacional especializada em atendimentos individuais e de casal; atendo adultos e idosos trabalhando com a escuta ativa e empática, com respeito e acolhimento a dor trazida pelo cliente. Vejo e sinto a Psicologia como a possibilidade de ajudar as pessoas na descoberta e redescoberta da sua melhor versão, do seu potencial e de suas forças, através do autoconhecimento e desenvolvimento da autoestima. Sou especializada em casos de abusos emocionais e vi o quanto poderia ajudar as pessoas a superarem aquilo que consegui através de excelentes terapeutas que tive durante a vida. 

Encontrei como proposito ajudar a todos que sofrem não somente de abusos emocionais, mas aqueles que não encontram sentido em suas vidas.

Estou disponível para ajuda-lo(a) a descobrir  como se conectar com consigo mesmo(a), como encontrar as suas forças e capacidades para se tornar a sua melhor versão, aprendendo a ter uma relação equilibrada e saudável, melhorando seus relacionamentos interpessoais e sua relação com consigo mesmo. Se você não encontrar na minha agenda um horário compatível com a sua necessidade, entre em contato para que eu possa flexibilizar uma boa opção para você. 

WhatsApp: (+55) 27 998061588.

https://www.psicologiaviva.com.br/psicologos/andreiaamorim/

Andreia Amorim cordeiro
Últimos posts por Andreia Amorim cordeiro (exibir todos)
Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar