Maria Celia Correia Gomes

Maria Celia Correia Gomes

Olá, sou Maria Celia. Psicóloga e psicoterapeuta, graduada pela UFBA. Complementei o curso de Psicologia fazendo mestrado em “Família na Sociedade Contemporânea”, na UCSAL, pós-graduação em Psicodrama e também em Constelação Familiar Sistêmica. Imagino que você pode estar passando por um momento de sofrimento emocional, com dificuldades nos seus relacionamentos amorosos, familiares, sociais e profissionais, também trabalho com outros temas que você poderá ver no meu perfil. Acredito que estas dificuldades a levem a começar um processo de autoconhecimento e, com a minha experiência clínica, poderei ajudá-la a desvendar o que lhe causa sofrimento. Percebo na clínica, que muitas das dificuldades são causadas, entre outras coisas, pela má comunicação. Muitas vezes nos relacionamos “achando” que o outro entendeu o que foi dito, mas não perguntamos se ele de fato entendeu e daí começam os maus entendidos e as confusões. Usando os aportes teóricos e os recursos de cada uma destas formações, poderemos trabalhar e desvendar as dificuldades que estão por trás dos seus relacionamentos e que são padrões de comportamento que se repetem ao longo de gerações e que precisam ser curados para pararem de se repetir. Você deve estar curiosa de como faremos isso. Cada uma destas abordagens dispõe de vários recursos. No Psicodrama é muito usado o recurso da Inversão de Papeis. Por exemplo, você quer trabalhar uma dificuldade com A, você tomará o papel de A e falará “como se” fosse ela. Quando você faz isto, gera um distanciamento que favorece a tomada de consciência dos fatos, e aparecem dados de seu próprio papel nesta situação. Outro recurso é o Espelho, que consiste que o terapeuta “imite” o mais parecido possível a sua expressão corporal, o seu tom de voz, a sua fala, para que você se veja e possa sentir como esta imagem chega para você e que impacto pode causar no outro. Existem vários outros recursos que são usados de acordo com a pertinência do momento. Na Constelação poderemos usar exercícios sistêmicos, meditação guiada (o terapeuta vai falando) e de acordo com o que for acessado, se você quiser, poderemos fazer uma constelação. Nesta constelação você representará os personagens que aparecerem usando a imaginação e irá me falando o que está acontecendo, o que está sentindo, dirá em que lugar está, se tem alguém com você, etc. Para que isto aconteça você se concentrará nas sensações que seu corpo lhe transmitir e serão estas sensações corporais que guiarão nosso trabalho, inclusive sensações de desconforto corporal. O corpo nos guiará nesta viagem fascinante. Na Constelação não usamos o raciocínio, não é racional, é corporal. Caso você queira saber mais sobre o meu trabalho, convido a que marque um horário para conversarmos e esclarecermos possíveis dúvidas. Aguardo seu contato. Atenciosamente Maria Celia
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar