Carreira

Como divulgar meu trabalho na internet sendo psicólogo?

Dicas para atrair pacientes e ter uma presença digital marcante!

Você se formou em psicologia, se especializou com outros cursos, realizou muitos investimentos na profissão e agora surge a dúvida: “como divulgar meu trabalho na internet e atrair pacientes?”

Com o expressivo crescimento de novas tecnologias digitais nos últimos anos, a forma como os pacientes interagem com os psicólogos mudou. Atualmente, um pequeno toque em um celular pode resultar em um agendamento para uma consulta psicológica por alguém que estava apenas navegando pelas redes sociais.

Em contrapartida, uma reputação moldada durante anos pode se perder em um piscar de olhos por um conteúdo postado de forma inadequada. Não restam dúvidas que todo profissional deve ser cauteloso com a sua presença digital devido à interferência direta no seu sucesso.

Nesse ponto, é válido lembrar que, atualmente, o Brasil já possui mais de 370.000 psicólogos, o que significa uma concorrência bem grande. Assim, não é mais uma questão de estar presente no digital ou não, mas de como se apresentar na internet e construir uma posição de relevância.

Como divulgar meu trabalho na internet?

Divulgar o trabalho na internet e construir uma presença digital marcante, ao contrário do que muitos profissionais ainda acreditam, não significa apenas possuir um perfil bonito em várias redes sociais.

A presença digital vai muito além disso. É fazer um bom uso das ferramentas disponíveis, buscando relevância e a confiança do seu público: os pacientes.

A construção de uma marca demanda um esforço contínuo, persistente e coerente. Não se engane: você é uma marca.

Nesse contexto, marca é a identidade de um profissional, o que realmente o diferencia dos outros psicólogos. O foco é literalmente marcar a mente das pessoas de tal forma que quando elas pensem em psicologia, você seja a primeira opção que vem à lembrança.

Falando em lembrança, uma das primeiras coisas que relacionamos a uma marca é a logo que a representa.

Por que investir na logo?

A logo, por ser a representação visual relacionada à identificação de uma marca, deve ser elaborada para representar os seus valores, personalidade e estratégia. A ideia é criar uma imagem que perdure com o tempo.

Lembre-se que o objetivo é que as pessoas tenham uma lembrança positiva a seu respeito. Por isso, seja criterioso com a escolha das cores, formas, emblemas e, claro, coerente com a psicologia.

Ao criar a sua logo, ela lhe tornará inconfundível entre os demais profissionais facilitando a sua identificação. Quando ela é acompanhada por um suporte de texto, que normalmente é o nome do psicólogo ou da clínica, o símbolo completo é chamado de logotipo.

Percebeu a importância de caprichar na sua identidade visual? Ela aparecerá em suas redes sociais, e-mails, posts e demais comunicações. Então, invista um pouco na hora de criar a sua!

Ah! Apenas a título de curiosidade: o termo logomarca, ainda muito utilizado, não é o mais correto. Já que as palavras “logo” e “marca” possuem um mesmo significado. Assim, logomarca significa “marca-marca”.

Bom, já esclarecemos sobre a imagem da sua marca. Mas e a sua imagem pessoal?

Como planejar a imagem pessoal na internet?

Que tipo de profissional você é ou deseja ser? Pelo que gostaria que as pessoas lhe reconhecessem? Ao pensar em como se promover digitalmente, você precisa responder essas duas questões com bastante seriedade.

É certo que muitas pessoas desejam ser vistas como profissionais, mas quantas estão dispostas a pagar o preço de ser um? O profissional jamais será confundido com o amador. O amador tem um trabalho, o profissional vive o seu trabalho. Entende a diferença?

Quando buscamos ajuda para a solução dos nossos problemas, especialmente em se tratando de psicologia, não buscamos amadores, nós buscamos os profissionais.

A criação da sua imagem é sobre isso. Ou seja, o ideal é que você tenha uma rede social pessoal separada da profissional. Você pode gostar de festas e ter um corpo bonito, mas as suas redes sociais profissionais devem ser utilizadas para a divulgação do seu trabalho.

Isso não significa que você não possa compartilhar conteúdo sobre sua vida pessoal. Muito pelo contrário. As pessoas gostam de conhecer o outro lado dos profissionais, mas existe um caminho para isso.

Você poderá postar sobre uma série que gostou, livros, uma tarde relaxante tomando um chá. Percebe a diferença desse tipo de conteúdo para outros que sejam pessoais, mas que não pegam tão bem?

É inevitável: quando o paciente não lhe conhece, a primeira coisa que ele vai julgar é a sua imagem. Portanto, cuide da sua!

Como divulgar meu trabalho na internet: as principais dicas

Além de construir a sua marca, existem outras orientações importantes de marketing digital para psicólogos na hora de divulgar seu trabalho na internet. Confira abaixo as essenciais!

Comece arrumando a casa

Quando estamos esperando uma visita, queremos arrumar a casa. E na internet também é assim, só que, no mundo digital, a casa são as suas redes sociais e as visitas são os seus pacientes, futuros e antigos.

Existem diversas opções de redes sociais, as mais conhecidas são Instagram, Facebook e LinkedIn. A última é mais indicada quando você quiser fazer parcerias com outros profissionais ou empresas.

Estar cadastrado em uma plataforma de atendimento online também é um excelente meio de ser notado, já que o site acaba funcionando como uma verdadeira vitrine para o profissional.

Sabemos que é tentador transformar a sua rede pessoal, que já está cheia de seguidores, em uma profissional, mas pense que podem existir marcações em fotos, eventos ou comentários não pertinentes.

Então, talvez seja melhor começar do zero. Atualmente, o Facebook é a plataforma com o maior número de usuários, mas o Instagram é a mais interativa e popular.

Como as duas são bastante interligadas, é interessante estar presente em ambas.

Ajuste seu perfil profissional

Para começar, escolha bem a foto de perfil de todas as suas redes sociais. Elas são profissionais? Passam confiança?

Existe um ditado que diz: “tão importante quanto ser é parecer ser”. Então garanta que a sua primeira impressão seja a melhor possível. Seja profissional e se pareça como um.

Nas descrições, é importante ser taxativo sobre o serviço que é prestado. As pessoas estão cada vez mais ansiosas e impacientes e você pode perder pacientes se não deixar claro o que está oferecendo ali.

É humanista, junguiano, trabalha com TCC? Deixe isso explícito para que no primeiro contato o paciente já entenda de que forma você pode ajudá-lo.

Seja cauteloso também com seus dados de contato, afinal de contas, o objetivo é ser encontrado. Garanta que seu telefone, e-mail e link da plataforma de atendimento online estejam corretos.

Ofereça mais

Como o assunto é meios de atrair pacientes pela internet, saiba que uma das formas mais consistentes de conquista no marketing é baseada na reciprocidade.

Isso significa que quando você oferece algo de valor a alguém, na maioria das vezes, ele se sente obrigado a retribuir. No caso, pode ser uma indicação, um compartilhamento ou, inclusive, se tornar paciente.

No mundo virtual, o que de mais valioso que você pode oferecer é conteúdo. Por isso, não saia postando qualquer coisa. Capriche nos temas, imagens e ortografia. O público deve entender que houve dedicação na preparação e que aquilo acrescentará algo em sua vida.

Procure falar sobre temas atuais ou aqueles que sempre atiçam a curiosidade. Se optar por um blog, faça textos maiores, acima 500 palavras, e escreva de forma leve e atraente. Você está escrevendo para os pacientes e não para outros psicólogos.

Independentemente do canal que optar, rede social, blog ou ambos, sempre observe as regras e preceitos previstos no código de ética da profissão. Ele deve ser o seu guia e limite.

Comece agora a divulgar seu trabalho na internet

Você já sabe sobre a importância de ter uma presença digital marcante, então agora é hora de colocar a mão na massa.  Dedique-se, analise as redes sociais de pessoas que você admira, faça pesquisas, acompanhe blogs.

Pense no marketing digital como uma extensão da sua profissão, porque, na verdade, é mesmo.

Neste conteúdo, você viu várias dicas importantes para divulgar seu trabalho na internet, como definição da identidade visual, presença nas redes sociais, contato com o público e também a possibilidade de atuar em uma plataforma de atendimento online.

Depois de todas essas orientações, ficou mais fácil responder à questão como divulgar meu trabalho na internet? Quer saber mais sobre marketing para psicólogos? Siga o nosso perfil no Instagram voltado para profissionais!

VOCÊ É PSICOLOGA(O) CADASTRE-SE ABAIXO PARA RECEBER MAIS INFORMAÇÕES



Referência:

PEÇANHA, Victor. O que é Marketing Digital? Entenda o conceito, como fazer e comece sua estratégia de Marketing Online. Rock Content. 2020. Disponível em: <https://rockcontent.com/blog/marketing-digital>. Acesso em: 18/07/2020.

PATEL, Neil. Marketing Digital: O Que É, Como Fazer e Estratégias [Guia 2020]. Neil Patel. 2020. Disponível em: <https://neilpatel.com/br/como-fazer-marketing-digital-o-guia-passo-a-passo/> . Acesso em: 18/07/2020.

Psicologia Viva

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar