Carreira

Profissões estressantes: o mundo dos corretores da bolsa de valores

Excesso de barulho, muitos estímulos ao mesmo tempo e uma grande quantidade de tarefas para serem finalizadas em prazos curtos: esses e outros fatores são utilizados para criar os rankings anuais das carreiras mais estressantes.

Algumas funções são sempre as mais cotadas para figurar nessas listas, e uma dessas profissões estressantes é de corretor da bolsa de valores, também chamado de trader.

Aquela cena de gritaria das dezenas de operadores no saguão da Bolsa não existe mais. Hoje em dia, os traders fazem as suas negociações por meios eletrônicos — alguns nos escritórios das corretoras, outros trabalhando de suas casas ou escritórios próprios.

Porém, algumas das características dessa profissão continuam trazendo muita tensão aos operadores. Neste post, vamos mostrar um pouco melhor o que torna essa carreira tão desafiadora e a importância do equilíbrio emocional desses profissionais. Vamos lá?

As responsabilidades

Elas costumam ter um grande peso na avaliação de estresse de uma profissão. No caso dos corretores da bolsa de valores, a responsabilidade está ligada ao dinheiro e ao patrimônio alheio.

O operador pode atuar no varejo ou no ramo institucional. No varejo, ele será um consultor, orientando e negociando por pequenos investidores — em geral, pessoas físicas. Já o operador do ramo institucional costuma ter um número menor de clientes, que fazem por meio dele operações na casa dos milhares ou milhões de reais.

Seja um tipo ou outro de corretor, a responsabilidade com o patrimônio de terceiros é muito grande, pois uma decisão errada pode ter sérias consequências para os clientes.

Os desafios

O mercado de ações local sofre interferências não só de outros mercados, mas também da política. O noticiário político do país ou de grandes potências, como os Estados Unidos, pode elevar ou encerrar o volume de negociações.

O sobe e desce do mercado exige que o corretor mantenha-se bem informado. Além disso, são dezenas de gráficos, portfólios e perfis de ações e clientes a serem levados em conta dentro de um curto período de tempo.

Portanto, ser arrojado e ter frieza para correr riscos são características que fazem parte do perfil desses profissionais. Uma única transação pode fazer fortunas ou levar à perda de patrimônios poupados durante uma vida. Assim, é fundamental que o operador seja calculista e saiba avaliar os riscos de cada transação.

A pressão de lidar com tamanho fluxo de informações e com a responsabilidade sobre as consequências das suas tomadas de decisões são desafios constantes ao equilíbrio psicoemocional dos traders.

Os efeitos no equilíbrio emocional

Sabe-se que as profissões estressantes podem afetar a saúde das pessoas — e a atividade de operador da bolsa de valores sempre foi associada a um estilo de vida nada saudável. Entretanto, o uso dos meios eletrônicos permite organizar melhor o tempo e, assim, melhorar sua qualidade de vida.

Contudo, a carga de estresse continua sendo grande, podendo afetar muito além da saúde do indivíduo. O estresse dos traders pode aprofundar ou prolongar crises no mercado financeiro. Quem afirma isso é o Dr. John Coates, um ex-corretor em Wall Street que, hoje, atua como neurocientista na Universidade de Cambridge.

Um estudo feito por seu grupo mostrou que altos níveis do cortisol, um dos hormônios do estresse, induzem o indivíduo a evitar riscos. A ideia surgiu durante um período de instabilidade da bolsa de valores de Londres, quando foi detectado que os níveis de cortisol dos operadores haviam subido muito.

Simulando essas condições em laboratório, o grupo do Dr. Coates descobriu que o estresse diminuía quase pela metade a disposição para correr riscos dos traders. Diante disso, fica claro que a importância de os corretores da bolsa de valores manterem a saúde emocional vai muito além deles próprios.

Atualmente, apenas parte dos profissionais dessa e de outras profissões estressantes consegue manter certa harmonia entre sua vida pessoal e seu trabalho. Se você também está preocupado em fazer o melhor pela sua carreira e ainda ter qualidade de vida, baixe nosso ebook gratuito e descubra como manter esse equilíbrio!

 

Como a mudança de postura ajudar a alavancar sua carreira

Psicologia Viva

Selecionamos o psicólogo adequado para a sua necessidade e possibilitamos você ter uma consulta online por videoconferência de qualquer lugar do mundo.
Psicologia Viva

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar