Desenvolvimento pessoal

Focando em aspectos positivos para lidar melhor com o isolamento social e o Covid-19

Como o isolamento social e o Coronavírus impactam na nossa saúde mental?

Estamos em uma época de pandemia, e isso quer dizer que temos que lidar com mudanças no nosso dia a dia, certos cuidados de saúde a mais que temos que ter, mudança drástica da rotina, alteração de trabalho, dificuldades financeiras, distanciamento social entre diversas outras dificuldades que estamos enfrentando e, obviamente, lidar com todos esses obstáculos e preocupações acaba cobrando algo de nós.

O nosso psicológico é cobrado e testado, todos os dias, de formas diferentes para cada pessoa, mas ninguém está saindo ileso dessa crise.

Diariamente temos que lidar com uma enxurrada de informações, com novos problemas, com situações difíceis que precisamos lidar, e com cada vez menos recursos para lidar com esses problemas. Esta situação que todos nós estamos vivendo é causadora de muito estresse e até mesmo ansiedade, porque ficamos com essa insistente ideia em nossas mentes: “E agora, o que eu faço?”, e por mais que consigamos lidar com o problema, toda essa tensão não passa, porque ainda estamos nessa situação difícil.

Ao pensar nisso, fica claro que nossa saúde mental vai ser exposta a todo tipo de estímulo e agressão, por conta dessa situação que todos vivemos. E fica a pergunta: “O que podemos fazer?”.

Bem, o que podemos fazer é fortalecer o nosso psicológico da forma que for possível.

Psicologia Positiva: Aspectos positivos e saudáveis da vida protegem nosso psicológico

A psicologia positiva é uma vertente da psicologia que não necessariamente é uma abordagem clínica, a psicologia positiva é uma lente terapêutica que tem como objetivo mudar a visão de saúde, ir além do processo de adoecimento e olhar para questões saudáveis e como esses aspectos saudáveis, se estimulados, podem proteger nossa saúde.

Além de olhar o que nos deixa doentes, vamos também olhar os fatores que têm nos protegido das doenças. É uma mudança de visão.

Os aspectos saudáveis de nossa vida podem ser chamados de fatores de proteção, que são basicamente os aspectos de nossa vida que são positivos e nos protegem de diversos males, tanto físicos, como por exemplo, o hábito de praticar exercícios e alimentação saudável, quanto psicológicos, como a prática de terapia, meditação ou alguma prática espiritual.

Esses aspectos saudáveis podem ser de qualquer natureza, pode ser uma

  • Atividade física,
  • Uma fonte de lazer,
  • De distração,
  • Relacionamentos,
  • Família,
  • Alguma prática religiosa ou espiritual.

O importante é que ela seja verdadeiramente positiva e importante para nós.

Todos esses aspectos saudáveis promovem um fator chamado resiliência. De uma forma bem simplificada, resiliência é a capacidade de lidarmos com as pancadas da vida, com os processos de adoecimento psicológico, sem adoecermos.

É uma capacidade elástica. Apanhamos da vida. Sofremos. Passamos por dificuldades. Mas voltamos para o estado de saúde anterior.

Mudança de foco

Quando mudamos o foco para essa visão mais positiva, inevitavelmente pensamos que é uma abordagem muito otimista aos nossos problemas, às crises, às situações difíceis que vivemos, mas na verdade não necessariamente é uma visão otimista, é uma visão realista.

Sabemos que há problemas, que há sofrimento, mas também pensamos nos aspectos positivos que podem fortalecer a nossa saúde. Essa visão positiva não quer dizer que o isolamento social é bom e desejável, que tem coisas boas nessa pandemia e que devemos olhar para o lado positivo, mas sim uma abrangência do foco, da prevenção do adoecimento para a promoção da saúde.

Podemos fazer um pequeno exercício rápido. O que causa mais ideias e pensamentos ansiosos, o pensamento de “preciso fazer todas essas coisas para não adoecer” ou “Posso fazer todas essas coisas para me manter saudável”?

O pensamento voltado para a promoção da saúde geralmente causa menos ansiedade, estresse e desconforto, justamente por se tratar de coisas positivas e importantes em nossa vida.

Agora uma coisa que é importante, que é necessário ser dito, é que não é para ignorarmos completamente a prevenção do adoecimento. Principalmente nessa situação de pandemia, onde precisamos tomar certos cuidados e nos prevenir contra o coronavírus, a ideia é termos uma visão mais ampla, abrangente da vida. O processo de saúde é imenso e complexo, a Organização Mundial de Saúde conceitua saúde como “um bem estar biológico, psicológico e social”. Diante dessa conceituação podemos ver que saúde vai muito além da ausência de doença.

Fatores de proteção

Vamos olhar alguns desses fatores de proteção que podemos fortalecer apesar da situação de isolamento social que o coronavírus está nos obrigando a passar.

O primeiro que vem em mente é a questão dos relacionamentos, pois o isolamento social tem separado amigos, casais e até famílias, e uma coisa que pode ajudar nessa situação é o fortalecimento desses laços, fazer atividades com as pessoas que estão passando essa quarentena com você ou utilizar da tecnologia para conectar-se com as pessoas queridas, de forma a não enfraquecer esse laço.

Outros fatores de proteção são as atividades que geram distração, lazer ou até mesmo nosso trabalho. Muitas vezes temos certas atividades que já fazem parte do nosso dia a dia, que são positivas e que significam muito para nós como por exemplo, o hábito de leitura, uma atividade manual como artesanato, costura, bordado, uma atividade física possível de se realizar em casa ou até mesmo no nosso trabalho, se ele é algo fortalecedor, que apesar de ser nosso ganha pão, é algo que está diretamente conectado com o que é importante para nós!

E temos as fatores que fortalecem o nosso psicológico que também acabam sendo fatores de proteção como fazer ou ter feito terapia, práticas de treinamento mental como meditação, yoga e até mesmo artes marciais, principalmente as orientais que tem foco na disciplina, controle dos pensamentos e foco.

Todas essas atividades têm em comum a prática da paciência, manejo de nossas inseguranças e ansiedades, coisas que durante esse período de isolamento social e pandemia teremos que lidar diariamente. Estes são apenas exemplos de fatores de proteção que existem em uma infinidade de formas e que fortalecem nossa resiliência contra os fatores de adoecimento.

A saúde mental protegida

A nossa saúde mental inevitavelmente sofrerá com esse estado de calamidade pública mundial que estamos vivendo. É impossível passar ileso dessa situação. Temos questão do medo do contágio, preocupação com entes queridos que podem estar no grupo de risco, nossa rotina mudando completamente, nosso trabalho sendo colocado em pausa, nossos estudos atrasando, as contas que não param de chegar… todas estas situações são reais, impactantes e vão cobrar da nossa saúde mental. Não dá pra fingir que está tudo bem.

O que podemos fazer é tentar passar por esse momento tão difícil da melhor forma possível, e para isso é necessário fortalecermos nossa saúde mental.

Focar no positivo. Pensar: “o que posso fazer para toda essa situação não me impactar tanto?”. Começar uma terapia, mesmo que seja online? Praticar atividades que coloquem minha mente em outra coisa além desta crise? Me conectar com as pessoas que estão passando essa quarentena comigo?

Não importa as nossas escolhas de como vamos nos fortalecer, o importante é que é necessário esse foco, na nossa força, não na nossa fraqueza.

Vamos então cuidar, fortalecer, proteger fisicamente a nós mesmo desse vírus tão perigoso, praticar o isolamento social, seguir as recomendações de higiene necessárias, mas também praticar ações positivas, ações que fortalecem nossa mente, para que soframos menos nessa crise e ao sairmos dela, estejamos com a nossa saúde, tanto física quanto mental.

Marcio Augusto da Silva Cabral
Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar