Psicologia geral

Entenda a importância do tratamento contínuo com o psicólogo

Você acha que psicólogo é médico de louco? Que terapia é coisa de gente que não tem o que fazer? Acredita que transtornos psicológicos não passam de frescuras “que antes não existiam”? Pois bem, se você se identificou com algum desses pensamentos, está na hora de rever seus conceitos e entender a importância do psicólogo para manter o equilíbrio em meio a uma sociedade tão “cruel”.

Com todos os avanços tecnológicos e sociais que tivemos nos últimos tempos, é claro que teríamos que arcar com alguns ônus. E as consequências estão aí para todo mundo ver: somos expostos a longas rotinas de trabalho, cobrados por metas a cada dia mais altas, forçados a tomar decisões o tempo todo e constantemente julgados e criticados por nossos atos, independentemente de quais sejam.

Você acha que isso é pouco para deixar qualquer um deprimido e ansioso? Ainda que você não se sinta assim, a terapia é essencial para preservar o equilíbrio de quem tem a sorte de ainda não tê-lo perdido.

Partindo da premissa de que todos deveriam recorrer a um psicólogo (mesmo que online) pelo menos uma vez na vida, listamos abaixo algumas vantagens do acompanhamento psicológico para o atual contexto em que vivemos. Acompanhe!

1. Ninguém é tão equilibrado quanto acredita ser

Sabe todo esse seu equilíbrio para tomar decisões e não se deixar levar pelas pressões diárias? Ele pode ser uma mera ilusão sua e fazer parte de um processo autodestrutivo.

Algumas coisas vão, aos poucos, minando nossa autoestima e, quando essa “bomba” explode, nos descobrimos com um grave transtorno psicológico.

Nem todas as pessoas apresentam sintomas que aumentam gradativamente. Há quem pareça forte demais, mas quando “desmorona”, a dificuldade para reerguer-se é enorme.

2. O tratamento será baseado em você e nas suas necessidades

Partindo do raciocínio do tópico anterior, cada pessoa tem suas próprias características e visões de mundo. Somos diferentes uns dos outros e é isso que determina a forma pela qual fatores externos podem nos afetar.

Um mesmo ambiente ou situação pode desencadear diferentes reações e a abordagem não será focada em fatos, mas sim em como você se sente em relação a eles. É o seu emocional que será trabalhado. Não importa o que aconteceu: o que importa é que reações o acontecido ocasionou em você.

O psicólogo não terá todas as respostas que você precisa. Aliás, ele não tem a reposta de nada. Ele pode apenas ajudá-lo a encontrar soluções que virão de você mesmo.

3. A importância do psicólogo não tem prazo de validade

Quando você vai a um médico com uma dor ou doença física, você tem um período para tomar os remédios ou seguir determinado tratamento, certo?

No tratamento com psicólogos, não é assim que funciona. O psicólogo não é o “doutor” que vai ajudá-lo com aquele problema no trabalho e, assim que solucioná-lo, vai te dizer que você está “curado”.

Aliás, nunca estamos totalmente curados emocionalmente. Sempre teremos pequenas angústias que podem ser discutidas em sessões de terapia e solucionadas enquanto são pequenas.

Psicólogos podem dar alta quando percebem que o paciente já não se sente tão angustiado, mas manter-se em constante contato com a psicoterapia fará com que você não se deixe afetar por certas mazelas do dia a dia e se torne uma pessoa mais equilibrada e feliz.

Agora que você já entendeu a real importância do psicólogo para uma vida mais plena e satisfatória, entre em contato conosco!

 Encontre um atendimento psicológico online

Psicologia Viva

Selecionamos o psicólogo adequado para a sua necessidade e possibilitamos você ter uma consulta online por videoconferência de qualquer lugar do mundo.
Psicologia Viva

Artigos relacionados

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar