Saúde

Quais as melhores formas de lidar com uma crise de ansiedade?

É com imenso prazer que apresento este texto, fruto de minhas experiências profissionais. Através de minha prática clínica tenho observado várias melhoras nos pacientes por meio dessas informações que agora elenco neste texto e que compartilho com você, o que poderá te auxiliar a identificar e a entender melhor o transtorno de ansiedade.

Este material foi elaborado para VOCÊ, com o objetivo de fazer com que as pessoas encontrem nele as melhores formas de lidar com uma crise de ansiedade. 

O que é ansiedade?

A ansiedade é um sentimento normal do ser humano. Assim como a tristeza, a angústia, etc. Você já observou que tem dias que você acorda com aquele sentimento de angústia, tristeza, como se tivesse faltando algo, mas no decorrer do dia passa? Pois é, isso é absolutamente normal, e faz parte do ser humano.

No entanto, quando a ansiedade é excessiva, ela interfere nos seus afazeres cotidianos, te paralisa, você tem dificuldade para fazer o que você faria normalmente, isso é uma doença,  a qual foi classificada como Transtorno de Ansiedade.

Quando a ansiedade se transforma em transtorno de ansiedade

Na verdade, os transtornos de ansiedade afetam o sistema nervoso central (SNC) causando um estado de nervosismo crônico, fazendo com que a pessoa deixe de fazer as suas atividades cotidianas, e, portanto, contribuindo para que elas entrem num estado paralisante e angustiante

Transtornos ligados à ansiedade

  • Depressão (sentimento de menos valia, pensamentos suicidas, tristeza intensa); 
  • Síndrome do Pânico (medo excessivo e paralisante); 
  • Agorafobia (medo de lugares e situações, está associada aos ataques de pânico); 
  • Estresse pós-traumático (após alguns traumas, como morte de um ente querido, violência sexual, divórcio e outros); 
  • TOC – Transtorno obsessivo compulsivo (caracterizado por manias, tiques, causada pelo pensamento obsessivo); 
  • Fobias (aversão ou medo a objetos ou situações).

Segundo o Manual Diagnóstico e estatísticos de transtornos mentais (DSM-IV), os transtorno de ansiedade são caracterizado pela preocupação excessiva ou expectativa apreensiva. É interessante ressaltar que todos esses transtornos possuem sintomas semelhantes, mas com características peculiares a cada um.

Sintomatologia dos transtornos de ansiedade

  • Inquietação;
  • Fadiga;
  • Irritabilidade;
  • Dificuldade de concentração;
  • Tensão muscular;
  • Palpitações;
  • Tremores;
  • Dores musculares;
  • Náuseas;
  •  Aperto no peito;  
  •  Medo excessivo;                                                            
  • Falta de ar;
  • Taquicardia;
  • Insônia; 
  • Aumento da pressão arterial;
  • Sudorese excessiva;
  • Dor de cabeça;
  • Alterações intestinais.

O que você pode fazer para amenizar os sintomas do transtorno de ansiedade

  • Procure uma avaliação psiquiátrica. Só a ajuda de um profissional especializado pode te ajudar a amenizar os sintomas desse transtorno.
  • Faça psicoterapia. O psicólogo clínico poderá te ajudar nesse momento crítico, te auxiliando a lidar melhor com o seu processo ansioso. Lembre-se que o psicólogo não faz milagres, é preciso que você esteja empenhado em seguir todas as orientações do(a) profissional.
  • Exercícios de respiração são eficazes no tratamento de ansiedade, porque atuam no Sistema Nervoso Central – SNC, melhorando a circulação e oxigenação do cérebro, diminuindo a intensidade dos sintomas da ansiedade.

Veja como estes exercícios são simples, olhe só! Você vai inspirar (puxar o ar pelo nariz) e expirar (soltar o ar pela boca). Você pode fazer 1 bloco de 10 respirações, e depois repetir novamente. Você pode fazer a qualquer hora do dia, principalmente quando estiver em crise.

  • Técnicas de relaxamento. Você pode encontrar uma posição confortável, aproveitar esse momento para fazer os exercícios de respiração. Procure no youtube músicas para relaxamento, e aproveite para relaxar. Vais perceber uma melhora significativa! Aproveitem!

 

Autora: Ronise Maria Holanda de Araújo CRP 13/2408

Ronise Maria Holanda de Araújo
Últimos posts por Ronise Maria Holanda de Araújo (exibir todos)
Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar