Saúde

Mindfulness: O que é? Descubra como aplicar a atenção plena

Mindfulness é uma atenção plena, concentrada no momento presente, no momento atual que significa estar em contato com o presente sem deixar que as lembranças do passado ou pensamentos lhes envolva.

Podemos ver que hoje em dia muito se fala sobre a atenção plena , o que se chama de mindfulness em inglês. Esta prática começou a fazer parte da medicina comportamental a partir dos programas de redução de estresse de Kabat-Zinn (1982).

O conceito, cujo a origem está nas práticas orientais de meditação (Hanh, 1976), despertou, logo no início dos anos de 90, o interesse de clínicos fora da área da medicina comportamental.

É intencional no sentido de se permitir estar atendo e focar em sua meta. É uma atenção  sem julgamento, isto é, a pessoa aceita pensamentos e sentimentos que vierem nesse momento sem criticá-los e seguir com a prática.

O que é Atenção Plena?

Atenção Plena é uma técnica que pode ser feita em 1 minuto ou mais. Uma meditação que consiste em concentrar toda a atenção na sua respiração. O que permite que você observe os pensamentos surgindo em sua mente e deixando-os ir e vir sem controlá-los.

Assim você vai perceber que você não é seus pensamentos. E com isso você tem a opção de agir sobre os pensamentos negativos ou não. O que a pessoa aprende é a aceitar, sem julgar, cada distração, sem se deixar comandar por esta.

Existem exercícios que podem ir da higiene mental do corpo, concentração na respiração, práticas de alongamento e etc.

O objetivo é vivenciar a respiração, os pensamentos e outros conteúdos na mente sem querer mudá-los ou lutar contra eles, isto é se permitir de forma consciente observar o que está acontecendo no momento presente.

Exercícios como subir a escada, trabalhar, fazer atividades em casa, estar junto com amigos, ou qualquer outra atividade.

Estes exercícios enfatizam vivenciar plenamente e sem julgamento experiências positivas e negativas. Ao estar intencionalmente atento no aqui e agora, atendo no que está ocorrendo, permite-se lidar de maneira criativa com situações cotidianas.

Segue abaixo ou a seguir um exercício de aplicação do Mindfulness:

1- Sente-se em uma postura ereta,  em uma cadeira com encosto reto.

Se possível, afaste suas costas do encosto da cadeira para que sua coluna vertebral se sustente sozinha. Deixe seus pés repousarem no chão. Feche os seus olhos ou abaixe o olhar.

2- Concentra a atenção em sua respiração enquanto o ar flui para dentro e para fora.

Você vai inspirar como se estivesse cheirando uma flor e expirando, colocando pra fora o ar, como se estivesse soprando uma vela. Observe sua respiração , não precisa alterar seu ritmo natural. Perceba o ar entrando e saindo do seus pulmões bem lentamente.

3- Após alguns instantes, de repente sua mente pode divagar pelo surgimentos de preocupações, pensamentos , mas deixe-os de lado e foque a atenção na sua respiração suave  novamente.

O ato de você perceber que sua mente se dispersou e trazê-la de volta sem criticar a si mesmo ou os pensamentos que vieram, é fundamental para a a prática da meditação da atenção plena.

4- Com a técnica sua mente pode ficar suave e tranqüila como um lago – ou não.

Ainda que você se encontre em paz , pode ser também fugaz, caso se sinta irritado (a) ou entediado(a). Seja lá o que senta ou o que aconteça , permita que seja como é.

5- Após um minuto , abra seus olhos bem devagar e observe o lugar em que você se encontra novamente.

A técnica deve ser uma prática diária. Tente fazer isso quando se perceber muito ansioso(a), deprimido(a) ou irritado(a). Isto vai lhe ajudar.

A atenção plena  é isso, consiste em observar sem criticar, e em ser compassivo consigo mesmo. Quando pensamentos ruins, estresse, ansiedade ocuparem sua cabeça, em vez de levá-los para o lado pessoal, você vai aprender a tratá-los como se fossem umas nuvens que vem e vão.

E aí você vai apenas observá-los enquanto se afastam.

O que acontece se você aplicar essa metodologia?

Com o tempo você vai perceber que a prática da atenção plena  realizada regularmente vai promovendo mudanças em seu estado de humor e bem-estar.

Segundo estudos científicos a prática da atenção plena não só previne a depressão, mas também a ansiedade e o estresse do dia a dia. A memória melhora, as reações se tornam mais rápidas e o vigor mental e físico aumentam.

Além disso, a técnica da atenção plena é eficaz para reduzir o impacto das doenças graves, tais como dor crônica e câncer. E a prática da atenção plena fortalece o sistema imunológico, ajudando a combater gripes e outras doenças.

Vamos promover o bem- estar e saúde física e mental praticando a atenção plena regularmente.

ebook-tecnologia

Referências Bibliográficas

http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872006000100004 ( acesso em 15/10/2018)

Williams, Mark. Atenção plena / Mark Williams, Danny Penman; Rio de Janeiro: Sextante,2015.

REJANE AMARAL DE SOUSA

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar