Afinal, o que é turnover e como diminuí-lo?

o que é turnover

Turnover é uma palavra de origem inglesa, que vem da ação de perder a bola para o time adversário em uma partida de futebol americano ou no basquete.

Contudo, para assimilar o que é turnover no escopo de uma organização, não é necessário ir muito longe dessa definição, pois na área organizacional o termo remete a não retenção de um elemento fundamental para o sucesso dos negócios: os funcionários.

Dessa forma, perder colaboradores em grande escala prejudica a empresa de várias formas diferentes.

Por isso, para entender melhor o que é turnover e saber como contorná-lo, acompanhe o post a seguir!

O que é turnover?

Uma outra tradução para o termo é “renovação”. No campo organizacional isso quer dizer saída de funcionários e substituição por outros de maneira frequente.

Assim, tanto as admissões quanto as demissões geram muitos custos à empresa. Por esse motivo, a alta rotatividade é um fantasma para o pessoal dos Recursos Humanos.

Por isso, o assunto tem tanta importância para as empresas que ganhou até fórmula própria para calcular sua porcentagem. Porém, para que esse cálculo seja considerado confiável é preciso analisar as variáveis que envolvem o contexto da organização.

Dessa forma, a primeira atitude a ser tomada diante da constatação da alta rotatividade é a identificação das causas do problema.

Quais as possíveis razões?

Os motivos que geram grande fluxo de funcionários podem ser vários. Insatisfação com o trabalho e baixa remuneração estão entre os mais comuns.

A seguir, listamos mais algumas razões:

  • más condições de trabalho;
  • clima organizacional desfavorável;
  • dificuldades na gestão de pessoas;
  • inadequação ao cargo ocupado; entre outros.

Como a diminuição do turnover impacta positivamente a organização?

Com a entrada e saída constantes de funcionários, as empresas têm muitos gastos com demissões, questões trabalhistas, treinamento de novos empregados etc.

Por isso, além da instabilidade no clima organizacional, o medo, a insegurança, a desmotivação, falta de harmonia entre a equipe e assim por diante.

Dessa forma, a diminuição do turnover reduz todas essas questões e, como consequência, aumenta a produtividade. Assim sendo, os resultados almejados pela organização são alcançados em menor tempo.

O que fazer para reduzir o turnover?

Para diminuir o turnover é preciso lidar com o problema de forma estratégica e criar diversas frentes de trabalho para atacá-lo.

A seguir, separamos algumas dicas para combatê-lo:

Gestão de Transparência

Uma forma de atrair e reter talentos que vem sendo muito utilizada atualmente é a Gestão de Transparência.

Assim, Como o nome já diz, o objetivo é ser transparente em todos os processos organizacionais. Desde o anúncio das vagas em aberto até os cortes a serem feitos dentro da empresa por causa de alguma crise.

Política de feedbacks regulares

Feedbacks constantes entre colaboradores e gestores devem ser incentivados. Para que essa estratégia funcione melhor, os feedbacks devem ter mão dupla, acontecendo de líder para  funcionário e vice-versa.

Assim, o empregado sentirá mais liberdade para dizer o que lhe incomoda e o gestor poderá encontrar uma solução que seja conveniente para ambas as partes.

Plano de carreiras adequado às equipes

Quando há a definição clara de até onde se pode chegar dentro da empresa, a motivação para alcançar cargos melhores tende a crescer e, por isso, faz com que os colaboradores sejam mais produtivos e fiéis à corporação para a qual trabalham.

Treinamentos constantes

Os treinamentos preparam e atualizam os funcionários. Pessoas que se sentem bem informadas e preparadas exercem suas funções com mais segurança e confiança.

Dessa forma, isso proporciona crescimento pessoal e profissional, além de trazer melhores resultados para a corporação.

Adoção do onboarding

Com isso, para diminuir a alta rotatividade as ações devem começar nas contratações. Onboarding é uma palavra em inglês que designa uma série de processos que objetivam inserir os novos contratados na cultura da empresa, com o intuito de proporcionar-lhes maior adaptação e capacitação.

Assim, empresas que se preocupam com seus funcionários têm muito mais chances de alcançar o sucesso, pois terão colaboradores motivados.

Portanto, a comunicação interna, gerida pelo RH, tem papel fundamental na diminuição da rotatividade. Com ela pode-se manter um canal aberto de conversa com os colaboradores e saber o que os agrada ou não.

Agora que você entende o que é turnover, pode saber mais sobre como reduzir o índice de rotatividade em sua empresa. Acesse nosso post sobre o assunto!


REFERÊNCIAS:

HAMMES, Carla Cristina Ferreira, Antonio José dos SANTOS, and José Maria MELIM. “Os impactos do turnover para as organizações.” Revista ESPACIOS| Vol. 37 (Nº 03) Año 2016 (2016).

HENRARD, Laryssa Prado, and Eleite QUADROS. “A influência do comportamento dos líderes no turnover organizacional.” Percurso 1.16 (2015): 52-78.

Pavanello, Letícia, and Eliana V. Jaeger. “Rotatividade nas empresas: motivos internos e externos.” REAVI-Revista Eletrônica do Alto Vale do Itajaí 4.6 (2015): 070-074.

Rothmann, Ian. Fundamentos de psicologia organizacional e do trabalho. Elsevier Brasil, 2017.

Qualidade de vida dos colaboradores
Psicologia Viva

Deixe seu comentário aqui

Assine nossa newsletter

Outros posts que você também pode gostar

Assine nossa newsletter

Fique por dentro dos melhores conteúdos sobre bem-estar, saúde e qualidade de vida

Saúde mental, bem-estar e inovação que seu colaborador precisa

Através do nosso programa de saúde mental, as empresas reduzem perdas com afastamento do trabalho por demandas emocionais.

Fechar
Fechar