Psicologia geral

Psicologia das cores: veja o significado e as curiosidades de cada cor

A psicologia vem se tornando cada vez mais requisitada por pessoas de todas as idades, de diferentes áreas, com conflitos dos mais diversos níveis de complexidade. O que se sabe é que, todos que a procuram, buscam ajuda para prosseguir suas vidas com mais tranquilidade e equilíbrio.

E a psicologia das cores do que se trata? Como é utilizada? Qual é a sua contribuição para as pessoas? E você, gostaria de esclarecer todas essas dúvidas? Então, continue a leitura e descubra!

Psicologia das cores: saiba do que se trata

É um estudo psicológico que investiga como o cérebro humano reconhece as cores existentes e as transforma em emoções ou sensações. Aliado aos conhecimentos da Teoria das Cores, viabiliza a compreensão sobre a influência das cores em nossos sentidos e em nossas emoções.

Essa influência pode ser determinante, sobretudo na área da Publicidade e no Marketing, no qual cada detalhe é uma estratégia pensada para impactar o consumidor e estimular o interesse pelo serviço ou produto. De forma prática, a simbologia das cores é imprescindível para compor o layout do produto. Ao serem bem aplicadas, torna-se um diferencial na aquisição e eficácia do material.

Entenda as características da psicologia das cores

Cada cor provoca diferentes sensações nas pessoas e, por isso, é importante conhecer bem para utilizá-las de forma adequada. Existem algumas características importantes na hora da sua utilização.

Peso

As cores podem provocar sensação de peso que um objeto demonstra ter.

Dimensão

A dimensão do ambiente pode ser afetada pela percepção das cores. Ou seja, de acordo com a cor, a pessoa pode ter a impressão de um espaço menor ou maior, na realidade o tamanho é o mesmo.

Simbolismo

A ideia e significado que cada cor traz pode alterar a partir das experiências de cada um.

Temperatura

As cores têm o poder de criar a sensação de ambiente mais frio ou quente.

Iluminação

Há variações na absorção de luz, de acordo com a cor.

Recordação

A visualização das cores, bem como os cheiros podem associar a momentos subjetivos na vida de alguém.

Emoção

O estudo psicológico acredita que as cores podem influenciar o despertar as emoções das pessoas, afetando diretamente o humor, a motivação dentre outras características psicológicas dos indivíduos.

Compreenda o significado das cores na Psicologia

Oito emoções primárias são reconhecidas pela psicologia das cores: medo, tristeza, raiva, nojo, curiosidade, surpresa, alegria e aceitação. De acordo com a psicologia, cada sentimento é representado por uma cor que exerce um papel transformador no comportamento das pessoas. As cores quentes transmitem a sensação de entusiasmo e energia. Em contrapartida, as cores frias estão associadas a serenidade, a racionalidade, e o profissionalismo.

Conheça o significado psicológico de algumas cores

Vermelho

Cor quente que transmite confiança, alta intensidade. Entre as emoções relacionadas com esta cor, destaque para: raiva, ira, paixão, violência, perigo, calor e excitação.

Amarelo

É denominada a cor da energia, do estímulo e do otimismo. De acordo com a psicologia das cores, o amarelo é capaz de estimular o intelecto e a concentração e das pessoas e está relacionada: a sabedoria, alegria, inveja; doença.

Laranja

Cor secundária que transmite a ideia de movimento, desejo de ação e excitação. Está associada a sociabilidade, alegria e animação.

Azul

O azul traz a ideia de serenidade e calma, e por isso costuma representar estabilidade, segurança e profissionalismo. Alguns sentimentos associam com a cor azul: lealdade, harmonia e confiança.

Preto

Associa-se a noite, sombra, enterro, carvão, sujeira. Transmite a sensação de temor, melancolia, tristeza e dor.

Então, ao longo do post as cores foram apresentadas como força e poder de transformação do indivíduo a partir da percepção subjetiva, e significado simbólico contextual de cada um. Tudo isso de acordo com a psicologia das cores.

Quer continuar se informando sobre este e outros temas? Assine a nossa newsletter e receba mais conteúdos importantes!


Referências

Fernandes, Manuela Mello, and Kátia Maria de Lima Araújo. “QUALIDADE PERCEBIDA NO USO DAS CORES EM UMA CLÍNICA DE PSICOLOGIA VOLTADA PARA ADULTOS.” Plural Design 1.1 (2018): 33-41.

Psicologia Viva

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar