Desenvolvimento pessoal

Qual é o roteiro da sua vida?

Você já se perguntou sobre qual é o roteiro da sua vida?

Ao longo da jornada da vida podemos passar por diversas experiências, sejam elas boas ou ruins. Por conta disso, podemos ter diversas reflexões.

Alguma vez você já se perguntou por que quando criança você queria ser adulto? E quando finalmente tornou-se adulto pensou que gostaria de ser criança novamente? Muitas questões não é mesmo?

 A vida hoje… 

Já parou para se perguntar se você tem vivido sua vida de acordo com suas expectativas ou de acordo com as expectativas dos outros? 

Vivemos e vamos aprendendo a viver cada dia, porém, sempre em uma busca constante de algo, seja por nossa própria vontade ou por vontade alheia. 

Muitas vezes, pode parecer que nossa vida já está toda programada e nós apenas temos que seguir o roteiro sem qualquer mudança. Já parou para pensar nisso?

Pare essa leitura agora e reflita: estou vivendo mesmo minha vida como gostaria de vivê-la? Agora, guarde sua resposta com você e continue a leitura. Vamos voltar a ela em breve.

Vida programada 

Em geral, muitas pessoas vivenciam suas vidas como uma espécie de programação: elas têm de estudar, trabalhar, casar, ter filhos, ter netos, aposentar-se, etc. Logo, verifica-se que há todo um roteiro pronto a ser seguido, bastando cumprir todas as etapas.

Muitas pessoas sentem-se cobradas em suas famílias e por pessoas próximas a realizarem essas etapas. E você como avalia isso? 

É notório que existe toda uma questão cultural por trás da maneira como fazemos o que fazemos e da forma como direcionamos nossas escolhas e seguimos essa programação da vida e ainda temos que lidar com o tempo.

Logo, há tempo para estudar, tempo para se ter um emprego, tempo para se ter bens materiais como casa, carro e outros, tempo para se casar e tempo para ter filhos. E como você lida com tudo isso? Pare e reflita.

Quando você percebe e aceita que a vida é sua, as decisões dela cabem a você e somente a você. Pergunte-se: “Quero me casar ou não?”, “Quero ter filhos ou não?”, “Quero ter isso ou aquilo ou não?”, “Quero morar aqui ou lá?”. Isso cabe a você decidir. 

Tenho de…

Você já se perguntou quantas vezes diz a frase que é iniciada com:

“Tenho de fazer isso”, “Tenho de fazer aquilo”, “Tenho de dizer isso ou aquilo”, “Tenho de…”.

Com esse famoso tenho de, as pessoas têm desenvolvido cada vez mais sintomas de ansiedade e estresse por conta de tantas exigências sejam elas internas ou externas que têm que alcançar para darem “certo” na vida.

Então, tente diminuir essa cobrança interna com esse tenho de em sua vida e mude para:

“Tenho que lembrar de relaxar”, “Tenho que cuidar mais de mim, “Tenho que me amar mais”, “Tenho que ter momentos de lazer”, etc. 

E muitos outros tenho de que possam ser favoráveis à sua vida, não contra. 

Tenho de relaxar

4 maneiras de relaxar para você praticar e ter um momento lembrete que podemos nomeá-lo: tenho de relaxar.

Observe a natureza à sua volta

Sejam árvores, plantas, jardins, o mar… Contemplar o mar por um tempo, por exemplo, é cientificamente comprovado que ajuda a aliviar as emoções conturbadas e negativas. 

Respire fundo

Quando você quiser, pratique uma respiração mais profunda, inspirando puxando todo para dentro e depois expirando pela boca e lentamente. Repita essa respiração mais de uma vez. 

Imagem mental

Crie uma imagem mental agradável. Feche os olhos e traga à sua mente um lugar agradável, lembre de alguém que você gosta ou de uma lembrança agradável e fique com ela por um tempo. 

Escreva aquilo que sente

É cientificamente comprovado que escrever o que se sente ajuda a aliviar. Então, escreva o que você está sentindo, como uma espécie de diário, e depois leia o que tem escrito. 

Vivendo Sua Vida 

Agora que você deve ter feito uma das opções de relaxamento acima, pense bem sobre o roteiro da sua vida. Será que não está na hora de você mesmo assumi-lo e talvez fazer algumas modificações importantes? Pare e pense.

A sua vida tem que ser vivida do seu jeito e do seu modo. Procure identificar suas qualidades que te ajudaram até aqui e use-as em seu favor para melhorar, editar ou reescrever o roteiro da sua vida. Isso não significa, que você não possa aceitar sugestões de pessoas que realmente importam para você e que te querem bem de verdade, mas, no final, a vida é sua, assim como suas escolhas e consequências dela. 

Não se cobre para dar certo em tudo e no prazo que todos estimam ou que está predeterminado pela sociedade.

Sua vida não tem que ser igual a de ninguém. Viva no seu tempo e no seu ritmo. Tenha um encontro com você mesmo para perceber o que você realmente quer para sua vida e se ao longo do caminho for necessário, reescreva o roteiro da sua vida.

Por curiosidade, faça uma busca no Google e veja quantas pessoas importantes em nossa história alcançaram seus objetivos e traçaram seus roteiros de vida em tempos diferentes do que seria considerado “comum”, “convencional” ou “aceitável”.

Faça o que pode com as ferramentas que você tem. Tudo no seu tempo e do jeito que você pode. É importante que você saiba distinguir o que você quer do que querem para você. 

Faça terapia online

Se você estiver se sentindo confuso, perdido ou com dificuldades para se encontrar diante de tantas possibilidades, preocupações e cobranças em sua vida, posso te dizer com toda certeza: está na hora de você iniciar a terapia

Imagino que já deve estar sendo bem difícil administrar tantas questões, porém, com o apoio do psicólogo clínico você trabalhará para se autoconhecer, trabalhará a assertividade, aprenderá técnicas pertinentes e desenvolverá habilidades e modos mais sadios para seguir em seu cotidiano e com sua vida. 

A terapia online tem a mesma efetividade da terapia no formato presencial. Estou disponível para atendê-lo e juntos fazermos um trabalho cooperativo com foco principal em sua saúde mental e seu bem-estar.

Investir em sua saúde mental é investir em você como um todo.

Espero você online!

 

André Zonta

Psicólogo CRP 16/3413

Conheça meu Site e Redes Sociais: https://cliolink.com/andrezonta

Psicologia Viva:  https://blog.psicologiaviva.com.br/andrezonta/Diversos Convênios e parcerias com diversas empresas. 

 

Referência bibliográfica:

Reinventing Your Life: Janet S. Klosko e Jeffrey Young

Andre Zonta
Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar