DestaquePsicologia do trabalho

Saúde no trabalho: Colaboradores mais felizes são mais motivados?  

Ao abordarmos o contexto atual da realidade do mercado de trabalho brasileiro, compreendemos o quanto é cada vez mais necessário voltarmos a atenção a questões que envolvem tanto a saúde física quanto mental do trabalhador.

Com a pandemia, muitas mudanças ocorreram e continuam ocorrendo no cenário organizacional, o que pode influenciar diretamente na qualidade de vida de cada indivíduo e, consequentemente, interferir na sua relação com o trabalho em si, com a empresa e consigo mesmo, exercendo seu papel como trabalhador.

O que é necessário para que o indivíduo realize seu trabalho com motivação?

Para garantir que o indivíduo consiga realizar seu respectivo trabalho com motivação, é necessário que as demandas envolvendo seu bem-estar biológico, psicológico e social sejam atendidas. Para que haja produtividade e assiduidade, é necessário destacar que estas devem surgir de um interesse genuíno por parte do trabalhador. E como garantir que essa motivação seja conquistada e aperfeiçoada ao longo do caminho?

Ao compreendermos que, à parte das obrigações referentes ao contexto organizacional, enfrentamos, também, como indivíduos, obrigações para com nós mesmos, com nossa vida pessoal e com a forma com que lidamos com nossas emoções e sentimentos!

A partir dessa visão, surge a possibilidade de desenvolver um caminho para a motivação pessoal voltada ao contexto do trabalho, ao reservar tempo para analisar atentamente a própria vivência, investigando necessidades pessoais e estabelecendo uma abertura para o autoconhecimento.

Ou seja, ao investir na satisfação com sua própria vida pessoal e na percepção que possui de si mesmo, o indivíduo desenvolve uma maior abertura para lidar com os demais contextos em que está inserido, tanto no âmbito organizacional como também social e familiar, por exemplo. Um indivíduo que trabalha em si mesmo de modo integral e está interessado no seu desempenho como pessoa, estará mais apto para obter resultados satisfatórios quanto ao seu desempenho e satisfação no ambiente de trabalho.

A necessidade da terapia como contribuição para o sucesso do trabalhador

Desse modo, é importante destacar como a terapia vem sendo essencial atualmente para conciliar todos esses papéis que são atribuídos a um indivíduo enquanto trabalhador e enquanto pertencente à um contexto organizacional onde suas ações e contribuições estão diariamente interligadas a pessoas e experiências no mundo exterior.

Ao investir no cuidado com a saúde mental, investe-se também na motivação pessoal em pertencer ao ambiente de trabalho e em contribuir ativamente neste contexto organizacional, uma vez que se constrói um sentido no trabalho exercido e encontra-se razão para direcionar a energia pessoal no trabalho.   

A motivação está diretamente ligada à satisfação do indivíduo com a forma que este percebe e lida com sua própria vida, sua rotina, seus afazeres e suas metas. E para isso se tornar uma realidade possível de ser experienciada é necessário investimento no cuidado com sua saúde mental, adotando a psicoterapia como aliada tanto na jornada de trabalho quanto na jornada pessoal de cada indivíduo!

Maria Luiza Patzsch de Moraes
Últimos posts por Maria Luiza Patzsch de Moraes (exibir todos)
Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar