Desenvolvimento pessoal

O Self nosso de cada dia: a importância da autoestima

A necessidade de autoestima

A necessidade de autoestima é inerente a todo ser humano e seu processo inicia-se desde a infância até a maturidade. A autoestima é ensinada pela comunidade em que vivemos, desenvolvendo-se num contexto social.

Autoestima e personalidade

Autoestima é um dos principais construtos da personalidade. Está alicerçada na imagem (o mais real possível) que a pessoa tem de si mesma – esta imagem é construída e embasada a partir da percepção de como é vista pelas demais pessoas do seu contexto relacional – e como a pessoa se sente e percebe (como realmente é).

O conceito que uma pessoa tem de seu self (que é o autoconceito que a pessoa tem de si mesma, baseada em experiências passadas, estímulos presentes e expectativas futuras) surge das interações com os outros e reflete as características, expectativas e avaliações dos demais.

Neste sentido, o self é uma estrutura essencialmente social, sendo, portanto, desenvolvido na experiência das interações sociais.

Self real x Self ideal

A diferença entre a “imagem de si” (self real) e o “desejado” (self ideal) em um indivíduo levará ao índice de autoestima. Bem como as pessoas que são expostas a ambientes gratificantes em que o próprio sujeito e suas ações são valorizados, haverá uma autoestima real e positiva que denominados no senso comum de autoestima elevada.

Assim, em uma autoestima real e positiva temos um ser seguro e confiante, que visa momentos de felicidade, reconhece suas qualidades/defeitos, não considera-se superior (nem inferior) aos demais, flexível, aberto e compreensivo, apresentando capacidade de superar seus fracassos, estabelecendo relações saudáveis com os demais, sendo crítico, construtivo e coerente consigo e com os outros.

Do contrário, quando as pessoas perdem de vista seu potencial inerente, tornam-se retraídas, rígidas e defensivas, sentindo-se ameaçadas, ansiosas, desconfortáveis e inquietas. Em algum momento, podem perceber que não sabem realmente quem são e o que querem ser.

Então, ao possuirmos autoestima mais positivas e reais, favorecemos nossas relações interpessoais.

A importância das atitudes positivas

Atitudes positivas tomadas cotidianamente podem fortalecer a autoestima, dentre elas podemos citar:

  • Aprender a falar não;
  • Impor limites nas suas relações interpessoais;
  • Evitar relacionamentos abusivos/destrutivos;
  • Ter pensamentos positivos;
  • Ter um hobby;
  • Cultivar amizades;
  • Fazer planejamentos;
  • Cuidar de si mesmo;
  • Não se deixar influenciar por críticas alheias;
  • Aprender com os erros;
  • Entre outros.

O conceito de autoestima

Então, para finalizarmos, podemos conceituar a autoestima como: a avaliação que o sujeito faz de si, ou o valor que o indivíduo atribui a si mesmo. E esta valoração está associada também com o modo como os outros o avaliam.

Relaciona-se ao apreço (estima, amor) que cada qual sente por si mesmo, ou seja, autoestima tem a ver com aquilo que o sujeito fala, pensa, espera de si mesmo relacionando-se com comportamentos, afetos e ideias que o indivíduo terá sobre si e o mundo a sua volta.

Entretanto, para a Psicologia o homem é um ser social e em constante construção. Sujeito de sua própria história e autor de suas transformações. Desta maneira, ensinar os indivíduos a observar seu contexto físico e social, bem como si mesmo, gera autoconhecimento, que constitui condições importantes para que a autoestima real e positiva se desenvolva e se mantenha.

Observe-se! Conheça-se! Valorize-se! Lembrando que a autoestima é de fundamental importância para o indivíduo relacionar-se com os demais na sociedade.

Naiara Antunes de Sousa Dias

Psicóloga Clínica

Naiara Antunes de Sousa Dias
Últimos posts por Naiara Antunes de Sousa Dias (exibir todos)
Etiquetas

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Muito bom os artigos. Sou psicóloga clínica e sempre os indico para meus pacientes. É um espaço muito importante para os que querem “pescar” as informações sérias e seguras no “mar” de conteúdos duvidosos da internet.

    Continuem com o trabalho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar