Terapia para LGBTQIA+: Como acolher a diversidade?

Cuidar da saúde mental deveria ser uma preocupação de todas as pessoas, mas quando se fala sobre a comunidade LGBTQIA+ e toda a sua diversidade, esse cuidado pode ser ainda mais necessário.

Embora a orientação sexual ou identidade de gênero não sejam, necessariamente, fonte de angústia, o estigma de viver como uma minoria pode ser estressante e uma causa de ansiedade.

Inclusive, pesquisas mostram que essa comunidade acaba tendo até três vezes mais chances de ser acometida por algum sofrimento mental. E isso não em decorrência da sexualidade em si, mas de questões que envolvem o ambiente que essas pessoas estão inseridas.

A terapia para LGBTQIA+, com o acompanhamento adequado, pode garantir o bem-estar e qualidade de vida. E é por isso que a ajuda de um profissional é muito importante, pois ele auxilia no enfrentamento de experiências complicadas, desafiadoras e, até mesmo, traumáticas.

Não há cura para o que não é doença

Por mais que já seja de conhecimento de todos os profissionais da Psicologia, é sempre válido reafirmar que a terapia para LGBTQIA+ não se trata de conversão, tampouco de cura.

Afinal de contas, essas questões que envolvem a sexualidade, especificamente, não se tratam de doença. Dessa forma, a terapia serve como um apoio para lidar com:

  • Relacionamentos, 
  • Homofobia, 
  • Transfobia, 
  • Autoafirmação,
  • E demais atribulações.

E isso porque, apesar da crescente aceitação cultural de diversas orientações sexuais e identificações de gênero, a opressão, a discriminação e a marginalização ainda persistem em diversos graus e locais.

Encarar os mais diversos preconceitos, assumir-se para a família e amigos, lidar com as expectativas próprias e alheias, enfrentar pressões sociais e outras questões podem aumentar as chances de transtornos mentais, uso de substâncias entorpecentes e outros problemas de saúde, incluindo ideação suicida.

Dessa forma, cabe ao psicólogo ajudar o paciente a trabalhar a autoestima, a autoconfiança, e o autocontrole diante de situações corriqueiras do dia a dia ou que envolvam a sexualidade.

Vale lembrar que o atendimento também pode ser dedicado aos familiares, em especial aos pais e mães de crianças e adolescentes. As consultas ajudam na compreensão e acolhimento dos filhos.

Por que oferecer terapia para LGBTQIA+?

Cada vez mais as pessoas estão descobrindo as mais diversas formas de viver a sexualidade. E essa aceitação começa, muitas vezes, com o auxílio de um psicólogo nas sessões de terapia.

Encontrar um profissional de saúde mental qualificado, com experiência e familiaridade com os desafios que os membros da comunidade LGBTQIA+ enfrentam com frequência, pode ser fundamental para resultados bem-sucedidos na terapia.

E como se sabe, o início das consultas pode ser um desafio. O atendimento on-line acaba facilitando a abordagem do profissional e continuidade do tratamento. Afinal, estando em casa ou em outro lugar no qual se sinta seguro, o paciente pode elaborar melhor os seus sentimentos.

A Psicologia Viva, maior plataforma de atendimento psicológico on-line da América Latina, sempre abraçou a diversidade. Também estimulamos que os profissionais que atendem por meio da plataforma também ofereçam atendimento para as mais distintas especialidades.

Inclusive, ao acessar o site da PViva, as pessoas podem escolher profissionais que trabalhem com sexualidade e identidade de gênero. Assim, fica muito mais simples conectar os psicólogos e pacientes.

Por isso, convidamos você para fazer parte da mudança que você quer ver no mundo! Venha realizar atendimentos psicológicos on-line para o público LGBTQIA+. Clique aqui para saber mais!

Referências

  1. https://site.cfp.org.br/cfp-assina-carta-internacional-pelos-direitos-das-pessoas-lgbtqi/
  2. https://site.cfp.org.br/cfp-aciona-stf/
Psicologia Viva

Deixe seu comentário aqui

Assine nossa newsletter

Outros posts que você também pode gostar

Assine nossa newsletter

Fique por dentro dos melhores conteúdos sobre bem-estar, saúde e qualidade de vida

Saúde mental, bem-estar e inovação que seu colaborador precisa

Através do nosso programa de saúde mental, as empresas reduzem perdas com afastamento do trabalho por demandas emocionais.

Fechar
Fechar