DestaqueTrabalho
Tendência

6 espaços e questões que mostram que o trabalho remoto aumenta a produtividade e diminui o estresse 

As vantagens do trabalho remoto

Em um mundo cada vez mais urgente e corrido, é necessário ser produtivo e rápido ao mesmo tempo. Isso, é claro, pode gerar ansiedade, estresse e, em alguns casos, até problemas mais sérios, como a depressão

No caso da necessidade de se deslocar até o local de trabalho, por exemplo, o colaborador tem que acordar mais cedo do que precisa para trabalhar, pegar o carro ou ônibus (geralmente, cheio), para chegar à empresa.

Quando retorna ao lar, como tem que fazer o trajeto de volta, a pessoa fica mais cansada.

Outra desvantagem desse mundo caótico é a alimentação fora de casa. Mesmo que o funcionário consuma marmitas, em casa há uma tendência de consumir alimentos mais saudáveis.

Além dessas questões, há muitos outros desafios e é provável que você esteja vivendo alguns deles. 

Por essas e outras questões, cada vez mais o trabalho remoto é adotado por organizações em todo o mundo. Afinal, ele aumenta a produtividade, melhora o ânimo e diminui o estresse.

Neste texto, apresentamos 6 ideias que mostram como essa forma de trabalho é uma ótima opção!

Ambientes de descompressão

Os chamados locais de descompressão são muito comuns nos coworkings, mas também podem ser encontrados em casa, no escritório tradicional e em outros ambientes.

Esses espaços são ideais para relaxar, descansar, renovar as ideias para melhorar a produção. Veja a seguir alguns deles:

Salas de jogos

Sinucas e pebolins são ótimas opções para relaxar e descontrair depois do expediente, certo?

Alguns coworkings contam com esses espaços para a interação da equipe de trabalho e, até mesmo profissionais que só compartilham o espaço, mas querem se conhecer melhor.

Renovar as comunicações sempre é bom, certo? E vale lembrar: em tempos de novos comportamentos, é sempre essencial cumprir protocolos de segurança, como o distanciamento social. 

Bibliotecas

Após o almoço, aproveite e descanse um pouco, com livros que em geral são disponibilizados nesses espaços de coworkings.

Além de ampliar o aprendizado, é um forma muito boa de relaxar e se distrair das atribulações diárias. Você também pode levar seu próprio livro e aproveitar os sofás confortáveis desses ambientes.

Happy hour

Outra tradição bem comum em empresas para aliviar a semana é o happy hour — que pode ser presencial ou virtual; o importante é estar seguro.

Geralmente acontece às sextas, após o expediente, para tomar uma cerveja gelada, comer uns petiscos e, o principal, conversar bastante sobre tudo, menos a respeito de trabalho, é claro!

Em escritórios compartilhados, o bate papo pode acontecer durante o horário de almoço, por exemplo, enquanto todos se alimentam em refeitórios e cozinhas compartilhados.

Aulas de yoga e meditação

Algumas empresas investem em aulas de yoga e meditação para seus colaboradores, geralmente ao final do dia.

Alongamentos, planos em academia, acompanhamento psicológico e outras iniciativas para a saúde mental e física de seus funcionários são cada vez mais testados e aprovados para relaxar em ambientes de descompressão.

Home office

O home office é mais uma das opções de trabalho remoto. A seu favor, ele pode ser uma ótima opção para evitar o estresse e a ansiedade no trabalho. Para começar a trabalhar em casa, contudo, é necessário ficar atento a alguns pontos importantes.

 

Primeiro, reserve um quarto da casa sossegado, só para você desenvolver seus trabalhos. Tenha também um aviso na porta para não ser perturbado. Coloque uma cadeira e uma mesa ergonômicas, assim como um apoio para os pés. 

Para proporcionar um maior conforto, coloque algumas plantas no ambiente de trabalho, ventiladores e sempre tenha a mão uma garrafinha de água.

Pinte uma das paredes com cores vivas, como laranja ou vermelho, para estimular a criatividade.

Fique na perpendicular em relação à janela, para não bater sol nos olhos e nem fazer sombra em sua tela. Sempre beba água e, o mais importante, evite ao máximo distrações!

Espaços de coworking

Os espaços de coworking (também conhecidos como escritórios compartilhados) também são ótimas ideias para aumentar o ânimo e a motivação.

Em coworkings a sua equipe fica mais integrada, mesmo que de maneira remota (atualmente, vale lembrar que muitas equipes estão adotando a cultura do anywhere office, que é o trabalho feito em qualquer lugar). E você também economiza em contas de luz, água e internet.

Seus colaboradores podem aproveitar juntos os ambientes de descompressão (como citamos anteriormente, esses espaços para relaxar são comuns em coworkings), aproveitar as salas de reunião e, até mesmo, se alimentarem juntos.

Caso a equipe fique separada, as conexões por chamadas de vídeo também têm seu valor e podem integrar bastante os seus colaboradores.

Saúde mental

Como sabemos, a saúde mental é essencial para os trabalhadores, principalmente para os que trabalham com criatividade. Por isso, pausas para relaxar, respeitar o horário de almoço e ter horários fixos, com uma rotina, é essencial para uma produção eficiente.

Muitas empresas investem em acompanhamento psicológico, por exemplo, para melhorar a qualidade de vida de seus colaboradores.

Aliado a isso, é claro, não podemos deixar de destacar uma boa alimentação e sono tranquilo, que são fundamentais para preservar a saúde mental de todos.

Práticas de mindfulness

Respiração, alongamentos e trabalhar ouvindo música são fundamentais para reduzir o estresse no trabalho. Outra prática é a meditação, que, além de relaxar, ajuda a equilibrar corpo e mente para um trabalho de qualidade.

Algumas práticas de mindfulness, como a atenção plena na vida pessoal e profissional, são essenciais para acalmar e evitar atritos na equipe.

Meditação guiada, tão comum em alguns aplicativos, auxilia bastante a reduzir o estresse e a manter o foco nas tarefas diárias.

Flexibilização de horários

Trabalhar em horários diferentes, respeitando o ritmo de cada um também é algo a ser visto pelas empresas.

Afinal, algumas pessoas produzem melhor à noite, outras de manhã, à tarde e outras ainda preferem o silêncio da madrugada. Por isso, horários flexíveis auxiliam bastante na produção de tarefas, desde que respeitados os prazos, é claro.

Junto a essa flexibilização de horários, existe também a flexibilização de locais. Tanto trabalhar na sede, ou de casa ou, ainda, em coworkings auxilia a produção, quanto diminui o cansaço e o estresse da obrigatoriedade de deslocamento.

Afinal, o tempo gasto de ir para casa ao trabalho e vice versa, pode ser melhor utilizado para agilizar o serviço.

Conclusão

Ao longo do texto, mostramos alguns espaços e questões que ajudam no aumento da produtividade e na diminuição do estresse. Claro que não há uma receita de modelo e, portanto, o colaborador e a empresa se adaptam melhor a uma determinada situação. 

De qualquer forma, acreditamos no modelo de trabalho híbrido (anywhere office, ou em qualquer lugar) como um fator determinante para a qualidade de vida do funcionário.

Afinal de contas, esse modelo de trabalho permite a liberdade de escolha do espaço de trabalho.

Ou seja, o resultado deixa de ser medido por horas trabalhadas e passa a ser mensurada pelos resultados entregues. O BeerOrCoffee, por exemplo, é a maior plataforma de coworkings do país e tem mais de 1.000 escritórios, em 160 cidades. 

Em uma das suas soluções, o Office Pass, é possível ter acesso a toda rede.

Agora que você já sabe como aumentar a produtividade e diminuir o estresse com a ajuda do trabalho remoto, vamos entender as diferenças entre o trabalho remoto e o home office.

 

Post escrito pela jornalista Isabella Lanna, redatora freelancer do BeerOrCoffee.

Isabella Lanna da Fonseca
Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar