Pais e Filhos: Cuidados para cada idade

Infância e desenvolvimento

A importância dos pais na vida dos filhos está associado diretamente a pequenos comportamentos e entendimentos acerca de como é o mundo ao nosso redor! Amor e proteção precisam ser aplicados na medida certa!

Refletir sobre a importância dos pais na vida dos filhos consiste no entendimento de que toda a ação parental agrega consequências acerca do comportamento das crianças. Isso quer dizer que o papel dos pais está diretamente ligado à educação dos pequenos, podendo ser ela formal ou não – isso é realmente fundamental!

Daí falamos no papel da família, onde é o princípio de todo ser humano, por isso indispensável, pois é nesse meio que se terá os primeiros contatos com a vida. A base de tudo é a família e nesta deve repousar qualquer linha primeira de ação.

Segundo Donald W. Winnicott, no contexto de família é indispensável que os pais estejam preparados emocionalmente para gerar, receber e criar seus filhos com capacidade para reconhecer e identificar as próprias emoções e sentimentos, pois desde a gestação todas as experiências vividas pela criança farão para sempre parte dela.

O cuidado e o carinho dos pais para com os filhos são de fundamental importância e devem acontecer desde a concepção, durante o parto e no nascimento, bem como, crescer gradativamente durante a infância e adolescência, estreitando os laços entre pais e filhos.

O calor da afeição e a transmissão do amor, segundo Law Dorothy Nolte e Rachel Harris, devem ser passados diariamente aos filhos, através de sorrisos, abraços, gestos e continuar quando estes se tornam adultos, pois as crianças que são amadas e aceitas têm condições de desenvolver-se melhor.

O importante papel dos pais para a formação dos filhos

Através dessa ótica também podemos acrescentar que tanto o pai quanto a mãe colaboram para a formação e desenvolvimento físico, psíquico, moral e ético dos filhos, cabendo à mãe um papel mais flexível, passando noções de afeto e segurança; já ao pai cabe o papel de formação de caráter e da personalidade.

LeonardoBoff diz que pertence ao pai fazer com que o filho compreenda que a vida não é só aconchego, mas também trabalho, que não é só bondade, mas também conflito, que não há apenas sucesso, mas também fracasso, que não há tão somente ganhos, mas também perdas.

Compete ao pai ensinar os limites da vida e transmitir valores éticos e morais, que serão o alicerce da personalidade, pois todo filho é produto de suas relações familiares. Assim, será na soma de ambos os papéis que se formará uma pessoa equilibrada e preparada para a vida.

A necessidade da constante atuação dos pais não se encerra com a infância, tanto para a criança como para o adolescente. Ressaltamos que os filhos sentem a necessidade de ambos durante o crescimento e desenvolvimento também na vida adulta.

A família passou por mudanças consideráveis desde a antiguidade até a modernidade, porém cada um de seus membros, mesmo que de forma diferente, ainda exerce papel fundamental e estruturante, ficando cada vez mais evidente e necessária a atuação de ambos os pais na educação e criação dos filhos.

Dessa forma, é preciso que os genitores tenham plena consciência da importância que têm na vida e na educação dos filhos.

Hoje, muitos são os tipos de estruturas familiares e não se pode mais falar de um modelo de pai. Antigamente, a família patriarcal era soberana, onde o pai cumpria seu papel ao prover autoridade, segurança física e financeira.

Atualmente, o pai deve procurar uma participação mais efetiva, dividindo responsabilidades e prazeres ao lado dos filhos, mesmo após uma separação do casal.

Referências bibliográficas

  1. BOFF. Leonardo.São José: a personificação do pai. Campinas: Véus, 2005.
  2. TIBA, Içami.Quem ama educa. São Paulo: Editora Gente, 2002.
  3. WINNICOTT, Donald W.Os Bebês e suas Mães.Traduzido por Jefferson Luiz Camargo. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999.
Cristiana J. Souza
Últimos posts por Cristiana J. Souza (exibir todos)

Deixe seu comentário aqui

Assine nossa newsletter

Outros posts que você também pode gostar

Assine nossa newsletter

Fique por dentro dos melhores conteúdos sobre bem-estar, saúde e qualidade de vida

Saúde mental, bem-estar e inovação que seu colaborador precisa

Através do nosso programa de saúde mental, as empresas reduzem perdas com afastamento do trabalho por demandas emocionais.

Fechar
Fechar