É uma pessoa ansiosa? Veja 3 dicas para controlar a ansiedade!

homem ansioso no ambiente de trabalho

Um calafrio, o coração disparado, a mente cheia de preocupações. Quem sofre de ansiedade tem esses e outros sintomas. Esse tipo de mal-estar acomete uma quantidade enorme de pessoas, e é muito desgastante.

A boa notícia é que existem maneiras simples de controlar a ansiedade. Você não vai precisar se medicar ou pedir afastamento do trabalho, por exemplo. Algumas técnicas de respiração e exercícios físicos podem eliminar os efeitos da ansiedade com eficácia.

Por isso, acompanhe este artigo e descubra 3 sugestões de atividades que podem ser aplicadas na sua rotina para controlar a ansiedade.

1. Identificar o problema é metade do caminho

A ansiedade é causada por diversos motivos. Pode ser porque você tenha uma grande encomenda para um cliente com o prazo apertado. É possível que seja por causa de uma resposta importante que não chega nunca. Até mesmo coisas não relacionadas diretamente a você, como a nova escola do filhos, podem provocar uma crise de ansiedade enorme.

Enfim, os motivos podem ser inúmeros, mas o importante é identificá-los. Para conseguir isso, tente ficar um pouco a sós e pense no seu dia a dia. Repare se há alguma mudança prevista, por exemplo. Tente observar em qual momento do dia ou em que pessoa você pensa e que provoca ansiedade.

Por isso, com o motivo identificado, respire fundo e convença-se de que não há razão para tanta ansiedade. Reprograme sua mente para ficar mais tranquila diante do motivo que deixa você tão impaciente. No começo vai ser mais difícil, mas com o passar do tempo, você vai ser capaz de ver as coisas de outro jeito.

Pense em todos os problemas que já lhe causaram ansiedade e que foram esquecidos. Não tem razões para essa nova questão ser diferente.

2. É fundamental manter o controle da respiração

Uma crise de ansiedade não faz apenas a nossa mente descarregar pensamentos conflitantes. As outras partes do corpo também sentem os efeitos. Repare como o coração dispara e a respiração fica difícil. Com o tempo, você pode até desenvolver sintomas físicos para as suas preocupações.

Por isso, é importante controlar a ansiedade, e a respiração pode ser crucial para isso. Respirar corretamente atua sobre o nosso sistema nervoso, fazendo desacelerar os processos no corpo desencadeados pela tensão.

Sendo assim, sempre que sentir que a ansiedade está chegando, pare tudo e respire profundamente. Isto é, inspire de forma lenta até inchar a barriga. Depois, expire esse ar lentamente. Faça esse processo três vezes, depois tente voltar à respiração normal. Se a ansiedade persistir, repita até acalmar-se.

Dessa forma, você pode fazer isso tanto em casa quanto no trabalho. Quanto mais você conhecer a sua respiração, mais chances terá de ficar longe das crises de ansiedade. Veja 9 dicas para combater a ansiedade:

Fonte: Como se acalmar durante uma crise de ansiedade – Evolução Pessoal

3. Praticar exercícios físicos ajuda a controlar a ansiedade

Hoje foi difícil de lidar com a ansiedade? Que tal praticar uma atividade física para tratar esse estado de impaciência? Parece uma contradição, mas exercícios físicos são ótimos para acalmar o corpo e a mente.

Isso porque, durante a atividade física, seu corpo libera substâncias que aumentam a sensação de prazer. Além de você se distrair dos problemas do dia, ainda vai melhorar o desempenho da circulação sanguínea e da própria respiração, sua parceira no controle das crises.

Dessa forma, não precisa entrar numa academia, não! Uma caminhada, três vezes por semana, já vai fazer um bem danado. Procure um parque cheio de árvores para se exercitar. A vista bonita e o ar puro vão deixar o exercício ainda mais estimulante.

Sendo assim, com essas três dicas você provavelmente vai conseguir controlar a ansiedade. Aliado a elas, procure, também, conversar com algum profissional. Pedir um aconselhamento psicológico pode ajudar você neste processo.

Botão direcionando os leitores para o download de um ebook

Então, alguma dessas dicas ajudou você? Deixe seu comentário! E aproveite para ler também o nosso post sobre inteligência emocional.


Referências:

Frankl, Viktor E. A psicoterapia na prática. Editora Vozes, 2020.

Rós, Isadora Augusto, Cristina Aparecida de Carvalho Ferreira, and Clerison Stelvio Garcia. “Avaliação da psicoterapia de grupo em pacientes com ansiedade e depressão.” Revista Psicologia e Saúde 12.1 (2020): 75-86.

Psicologia Viva

Deixe seu comentário aqui

Assine nossa newsletter

Outros posts que você também pode gostar

Assine nossa newsletter

Fique por dentro dos melhores conteúdos sobre bem-estar, saúde e qualidade de vida

Saúde mental, bem-estar e inovação que seu colaborador precisa

Através do nosso programa de saúde mental, as empresas reduzem perdas com afastamento do trabalho por demandas emocionais.

Fechar
Fechar