Ansiedade

Estresse ou stress

O significado 

Estresse é exaustão física ou emocional geralmente causada em razão de algum sofrimento, doença, cansaço, pressão, trauma, sendo definido pela incapacidade de desenvolver suas funções ou trabalhos. 

A origem da palavra estresse deriva do inglês stress, que possui o mesmo sentido.

stress emocional tem várias etiologias, podendo se desenvolver devido à necessidade da pessoa de lidar com fatores externos ao organismo, que são capazes de criar tensões patológicas. Pode também se desenvolver frente a condições internas capazes de atuar como geradoras de estados tensionais significativos. As fontes internas incluem a Ansiedade, o pessimismo, os pensamentos disfuncionais, o padrão de comportamentos de pressa, a competição, a falta de assertividade, entre outros, capazes de gerar um estado de tensão com consequências físicas e psicológicas (Lazarus, 1995).

O estresse vem sendo associado a percepções de desconforto. Essas sensações desagradáveis são cada vez mais percebidas pelas pessoas em geral, aumentando o número de indivíduos acometidos pela sintomática (Lipp et al., 1986). Para Lipp et al. (1984), problemas com o sono e cansaço mental também aparecem, podendo ser tanto insônia como sono excessivo; assim como grande é a probabilidade de sono agitado.

Na área social, pode ocorrer o isolamento, e a consequente falta de amigos pode levar ao comprometimento do desempenho em função da grande resistência a mudanças. A criatividade fica prejudicada podendo ocorrer um empobrecimento de valores, principalmente se a pessoa assume uma forte tendência a buscar ou a se manter no poder.

A vulnerabilidade ao estresse não se limita apenas ao comprometimento à saúde; pois, mesmo sabendo que o estresse pode gerar diversos problemas relacionados à saúde gerando prejuízo junto à qualidade de vida o que tem, como consequência, a diminuição da produtividade (Abreu et al., 2002).

Quando o estresse impede minha rotina?

Será que podemos conectar estresse com qualidade de vida? Sim!!!

Um afeta o outro diretamente, afetando toda a rotina, seu comportamento, suas emoções e seus pensamentos, e tome cuidado para que tudo isso não vire uma bola de neve. Quando isso acontecer está na hora de buscar ajuda profissional. 

Os impactos que o estresse pode causar

Identificar as causas do stress é uma importante forma de nos prepararmos melhor para combater seu impacto. Então, o que contribui para meu estresse? De que maneira posso avaliar que meus pensamentos com relação a situação possam ser verdadeiros? Como o mundo está ao meu redor no momento?

Será que podemos pensar em algo negativo e positivo ou em situações que nos levam a pensar de forma exaustiva poderia ser a origem, bom o importante é ficar atendo, porém, corpo e mente dão sinais de que algo não está bem e tudo parece não funcionar, e o desgaste só aumenta causando impactos como a desmotivação, perda de desempenho, dificuldades interpessoais e outros. 

Será que você consegue perceber no seu dia qual seria a causa do estresse pensando em fatores externos ou internos? 

Alguns exemplos: 

  • Causas externas: problemas familiares, problemas financeiros, problemas no trabalho, etc.
  • Causas internas: preocupação constante, pensamento rígido, comportamentos ansiosos, etc.

O que fazer então? Identificar alguns fatores poderia ser o primeiro passo: 

  • Emocionais: fatores internos relacionado ao medo e ansiedade podem alterar nosso pensamento.
  • Familiares: relacionamento entre filhos, cônjuge, pais, financeiro podem afetar nosso pensamento.
  • Sociais: interação com amigos, encontros, festas, etc., podem alterar nosso pensamento.
  • Físicos: condições físicas sobrecarregam nosso organismo, o sono, alimentação podem alterar nosso comportamento.
  • Ambientais: trânsito, poluição, espaço, podem alterar comportamento e pensamento. 

Como meus pensamentos podem criar o stress/estresse ou como algumas experiências antigas podem contribuir para nossos dias atuais e qual realidade estou pensando? Algumas perguntas nem sempre precisam ter respostas e pensar em evitar ou achar que não é nada podem causar graves problemas à sua saúde. 

Níveis de estresse

Podemos pensar que o estresse não surge apenas por situações desagradáveis, alguns eventos positivos podem contribuir de uma forma significativa para o estresse, como por exemplo um casamento marcado, uma nova posição profissional, mudanças, etc.  

Alguns gatilhos podem nos levar a reposta de estresse acionando nosso organismo, sinalizando perigo constante e determinados estressores podem contribuir por não saber o problema e como entender todo esse processo perante o obstáculo ou frustração.

Os níveis de estresses podem variar de pessoa para pessoa algumas podem desmoronar outras prosperar sobre suas emoções, de forma aguda ou crônica. O estresse apresenta sua evolução em fases como o alerta, a resistência e exaustão. 

A habilidade de tolerar depende de fatores relacionados a condições dos seus relacionamentos e sua visão geral sobre sua vida. É importante saber reconhecer quando estou fora de controle e excedendo os recursos disponíveis físicos e psicológicos.

Sintomas 

O sintoma é a forma como o organismo informa alteração. Nosso organismo entra em estado de alerta indicando fatores internos e externos e como meus pensamentos podem influenciar meus comportamentos.

Nossos pensamentos controlam as emoções e a interpretação podem aumentar os estímulos de estresse. Tudo poderá agrava com o decorrer do tempo desencadeando graves consequências para nossa saúde ameaçando nossa qualidade de vida.

Deste modo, o cérebro ao processar e a interpretar toda a informação poderá em certas situações, aumentar o ritmo cardíaco, provocar respostas como o aumento da tensão muscular, elevando ao estado de concentração. Um ato inconsciente, quando há uma reação fisiológica.

As reações do sistema fisiológico são tão intensas que temos plena consciência de que o nosso corpo está reagindo ao que vai acontecer à nossa volta ou ao que pensamos e interpretamos do mundo ao nosso redor, ao nosso estilo de vida, da experiência passada, da nossa inteligência emocional, da saúde mental, etc.

O estresse mental 

O emocional é um dos maiores problemas mentais, nosso organismo remaneja fontes de energia, precipitando uma agressão iminente. Esse mecanismo seria vantajoso se realmente houvesse o perigo iminente. Alguns sintomas que podemos perceber são:

  • Cansaço,
  • Perda de memoria,
  • Falta de concentração,
  • Desanimo,
  • Ansiedade,
  • Preocupação excessiva,
  • Alteração de humor,
  • Irritabilidade,
  • Sentimento de estar sobrecarregado
  • Etc.

O estresse físico 

O estresse físico está ligado ao aumento de cortisol na corrente sanguínea que afeta a mente e corpo. Alguns sintomas:

  • Sensação de cansaço,
  • Dores musculares,
  • Dor na barriga,
  • Dor no peito,
  • Alteração no apetite,
  • Queda de cabelo,
  • Etc.

Tratamento

Cada pessoa possui um mecanismo próprio para lidar com o estresse. Então, não existe um padrão que serve para todas as pessoas, a batalha contra o estresse no atual momento poderia ser considerada um grande desafio para muitos, focar em pontos estressores, gatinhos e mudar a forma de enfrentá-lós pode ser um dos caminhos.

Algumas mudanças nos hábitos podem fazer toda a diferença para combater o estresse, por exemplo: a ansiedade, administrar melhor o tempo, descansar, além de uma boa alimentação. Caso não consiga mudar ou entender tudo que se passa com você, procure ajuda. FAÇA TERAPIA.  !!!!! 

 

Referências:

https://www.dicio.com.br/estresse. acesso 10/10

Abreu, K. L. [et al.] (2002). Estresse ocupacional e Síndrome de Burnout no exercício profissional da psicologia. Psicologia Ciência e Profissão.

Lazarus, R. S. (1995). Psychological stress in the workplace. In R. Crandall & P. L. Perrewé (Orgs.), Occupational stress: A handbook (pp. 3-14). Washington, USA: Taylor & Francis.         

Lipp, M.E. N. (1984). Stress e suas implicações. Estudos de Psicologia, (3), 5-19

Lipp, M. E. N., Romano, A. S. P. F., Covolan, M. A. & Nery, M. I. (1986). Como enfrentar o stress. São Paulo: Ícone.         

Kelly S Bittencourt Vieira
Últimos posts por Kelly S Bittencourt Vieira (exibir todos)
Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar